Notícias

Dólar tem 4ª alta seguida ante o real e fecha no maior nível desde março

A moeda dos EUA fechou próxima ao patamar de R$ 2,30.

Do Mundo-Nipo com Agências

O dólar subiu ante o real pelo quarto dia seguido nesta quinta-feira (11), atingindo o maior nível em cinco meses e meio, após o assessor econômico do programa da candidata do PSB à Presidência, Alexandre Rands, afirmar à Agência Reuters que um governo de Marina Silva acabaria com o atual programa do Banco Central de intervenção no câmbio.

A moeda norte-americana encerrou o dia com valorização de 0,26%, cotada a US$ 2,2972 para a venda. É o maior valor de fechamento desde 26 de março, quando a moeda encerrou a R$ 2,308. Na véspera, o dólar havia subido 0,22%, após alta de 0,91% na terça-feira. Apenas nas últimas quatro sessões, a moeda acumulou valorização de 2,57%.

Segundo dados da BM&F, o movimento financeiro ficou em torno de US$ 2 bilhões, acima dos US$ 1,2 bilhão na véspera. No acumulado do mês, a moeda registra avanço de 2,60%. No ano, a desvalorização reduziu para 2,56%.

A notícia da Reuters levou o dólar a subir na última meia hora do pregão, após oscilar entre a estabilidade e leve queda durante praticamente todo o dia, mas ainda próximo das máximas em um mês.

Ainda de acordo com a Reuters, expectativas de uma disputa mais acirrada entre Marina e a presidente Dilma Rousseff (PT), criticada por investidores por sua política econômica, têm impulsionado o dólar nas últimas semanas, assim como a ansiedade antes da reunião da semana que vem do Federal Reserve, banco central norte-americano.

 

Intervenções do Banco Central no câmbio

Nesta manhã, o BC vendeu a oferta total de até 4 mil swaps pelas atuações diárias, com volume equivalente a US$ 197,6 milhões. Foram 1 mil contratos para 1º de junho e 3 mil para 1º de setembro de 2015.

O BC também vendeu a oferta total de até 6 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em 1º de outubro. Ao todo, a autoridade monetária já rolou cerca de 18 por cento do lote total, que corresponde a US$ 6,677 bilhões.

*As cotações são da Agência  Thomson Reuters.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta