Notícias

Bolsa de Tóquio é pressionada por alta do iene e tem 2ª queda seguida

O índice Nikkei teve o seu pior resultado em quase um mês.

Do Mundo-Nipo com Agências

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em queda nesta quarta-feira (14), marcando a segunda sessão consecutiva de perdas em meio ao recente fortalecimento do iene que, por sua vez, tem pressionado as ações das empresas exportadoras.  Novas quedas nos preços do petróleo e outras commodities também têm contribuído para um clima sombrio, com os investidores cada vez mais preocupados com os rumos da economia global.

O Nikkei 225, índice que reúne as empresas mais negociadas da bolsa japonesa, recuou 291,75 pontos, queda de 1,71% ante o fechamento anterior, encerrando aos 16.795,96 pontos, seu menor fechamento em quase um mês.

Já o Topix, indicador que agrupa os valores da primeira seção em Tóquio, caiu 16,71 pontos, ou baixa de 1,22% em relação à terça-feira, terminando as negociações de hoje aos 1.357,98 pontos.

Além de novos recuos de algumas das principais commodities, principalmente da queda do petróleo, o sentimento de pessimismo no mercado foi potencializado após o anúncio, na terça-feira (13), do Banco Mundial, que reduziu suas projeções de crescimento para a economia global em 2014, para 2,6%, e 2015, para 3%.

A percepção de instabilidade resultou em uma maior procura pelo iene, considerado um ativo de segurança pelos investidores. A moeda ganhou força frente ao dólar, que chegou a cair para um patamar um pouco abaixo de 117 ienes.

Um iene fortalecido e o dólar mais fraco resulta prejudica as empresas japonesas que vendem seus produtos para o exterior, proporcionando lucros mais tímidos para as exportadoras.

Entre as exportadoras sensíveis ao câmbio, a Toyota e a Kyocera lideram as perdas, recuando 1,6% e 3,0%, respectivamente.

Entretanto, as ações de empresas produtoras de metais lideraram as maiores quedas na bolsa japonesa, com a Sumitomo Metal Mining perdendo 8,1% e a Dowa Holdings recuando 4,9%. A JFE Holdings e a Nippon Steel & Sumitomo Metal Corp fecharam em queda de 5,3% e 3,7%, respectivamente.

(Com informações das agências Estado e Kyodo)

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta