Notícias

Dólar fecha com valorização de mais de 1% ante o real

O dólar fechou com a maior valorização percentual diária desde 7 de março, quando avançou 1,15%.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O dólar fechou em alta de mais de 1% ante o real nesta terça-feira (15), acompanhando a valorização da moeda no exterior, apesar da constante atuação do Banco Central no câmbio.

O dólar comercial encerrou o dia com valorização de 1,07%, cotado a R$ 2,2385 para a venda. É a maior valorização percentual diária desde 7 de março, quando a moeda dos Estados Unidos avançou 1,15%. Na segunda-feira (14), o dólar registrou queda de 0,30%.

Na semana, a moeda norte-americana acumula valorização de 0,77%. No mês, porém, há queda de 1,36% e no ano, de 5,05%.

No cenário externo, os investidores estavam preocupados com a crise no leste europeu. A Rússia declarou nesta terça-feira que a Ucrânia está à beira de uma guerra civil. Isso fez com que investidores evitassem negócios de maior risco, comprando ativos negociados em dólar – que são considerados mais seguros, destacou o UOL Economia.

No contexto nacional, o avanço ocorreu mesmo com a constante atuação do BC no câmbio. Segundo a Agência Reuters, pela manhã, a autoridade monetária deu continuidade às intervenções diárias vendendo a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, equivalentes a venda futura de dólares. Foram 2,5 mil contratos para 1º de dezembro deste ano e 1,5 mil para 2 de março do próximo, com volume equivalente a US$ 198,4 milhões.

 Além disso, também vendeu a oferta total de até 10 mil swaps em leilão para rolagem dos swaps que vencem em 2 de maio. No total, a autoridade monetária já rolou cerca de 45% do lote total, que equivale a US$ 8,733 bilhões.

As informações das cotações de fechamento são fornecidas pelo Portal Financeiro Forex Pros/Investing.com.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta