Notícias

Premiê japonês classifica ataque em Nice como ‘intolerável’

Abe ofereceu condolências pelas 84 pessoas mortas no incidente que ele chamou de “ataque cruel em Nice”.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, condenou o ataque fatal ocorrido na quinta-feira (14) em Nice, cidade costeira no sul da França, do qual classificou como “intolerável” caso seja confirmado tratar-se de um ato terrorista, informou nesta sexta-feira (15) a imprensa japonesa.

Segundo a emissora pública ‘NHK’, Abe se pronunciou publicamente sobre o ocorrido nesta sexta-feira, durante uma reunião de cúpula com líderes da Ásia e da Europa, que está sendo realizada em Ulan Bator, capital da Mongólia.

A agência de notícias ‘Kyodo’ informou que o líder japonês telefonou para o contraparte francês, François Hollande. Abe expressou solidariedade pelos feridos ofereceu condolências para aqueles que morreram no incidente que ele chamou de “ataque cruel em Nice”.

Hoje em Ulan Bator, o premiê disse que, caso o ato se confirme como um ataque terrorista, “ele nunca será tolerado”. Abe prometeu ainda que o “Japão dará uma resposta firme em coordenação com a França e outros países”, conforme noticiou a ‘NHK’.

Na noite de quinta-feira, um caminhão foi lançado contra a multidão na cidade turística de Nice, onde se reunia uma multidão para celebrar a Queda da Bastilha, matando 84 pessoas e ferindo mais de uma centena, incluindo crianças.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta