Notícias

Após escândalo, Tóquio anuncia data para eleição de novo governador

A eleição “forçada” ocorre por conta da recente renúncia de Masuzoe, acusado de usar o dinheiro público em gastos pessoais.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A capital do Japão realizará uma eleição forçada para a escolha do sucessor do governador Yoichi Masuzoe, que renunciou ao cargo por conta de um escândalo envolvendo gastos do dinheiro público com despesas particulares, informou nesta sexta-feira (17) a emissora pública ‘NHK’.

A comissão eleitoral de Tóquio decidiu hoje que a campanha terá início em 14 de julho, e a votação será realizada em 31 de julho. A campanha terá início quatro dias após o pleito da Câmara Alta.

Uma das questões para a campanha é o montante que Tóquio deve contribuir aos gastos para sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos em 2020.

As finanças do governo metropolitano também devem ser discutidas, uma vez que Masuzoe sofreu críticas sobre seus enormes gastos nas viagens oficiais ao exterior.

Esta será a quarta eleição para o governador de Tóquio desde 2011, detalha a ‘NHK’.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta