Notícias

Dólar tem terceira queda seguida ante o real

Foi o menor valor de fechamento desde 6 de março.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O dólar fechou em queda nesta terça-feira (18), pelo terceiro pregão consecutivo, com o mercado ainda cauteloso diante do impasse na Ucrânia.

O dólar comercial encerrou o dia com desvalorização de 0,34%, cotado a R$ 2,342 para a venda.  É o menor valor desde 6 de março, quando a moeda norte-americana encerrou o dia a R$ 2,321.

Na segunda-feira (17), o dólar teve leve queda de 0,07%, e acumula desvalorização de 0,83% em três pregões.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de US$ 1,1 bilhão.

No cenário internacional, investidores estavam mantiveram-se de olho à crise na Crimeia e a declarações do presidente russo, Vladimir Putin.

“A grande preocupação era que os acontecimentos na Crimeia pudessem ser o começo de um processo maior, mas o mercado está começando a acreditar que pode ser um impasse mais localizado”, disse um economista à agência de notícias Reuters.

Além disso, investidores aguardavam os resultados da reunião do Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, que começou hoje e termina amanhã (19). A expectativa é de que o Fed continue a reduzir seu programa de estímulos à economia, que atualmente injeta US$ 65 bilhões nos mercados todos os meses, destacou o UOL Economia.

No contexto nacional, a queda do dólar foi influenciada pelas constantes intervenções do Banco Central e por declarações do presidente do Banco Central brasileiro, Alexandre Tombini, que disse nesta terça-feira que os efeitos dos aumentos da taxa básica de juros (Selic) nos preços ainda estão por vir.

Ainda de acordo com o UOL, o presidente do BC lembrou que a taxa Selic vem sendo ajustada desde abril do ano passado e voltou a dizer que os efeitos da elevação são “cumulativos e defasados”. Atualmente, a Selic está em 10,75% ao ano.

 

Atuações diárias do Banco Central brasileiro no mercado de câmbio

Nesta terça, o BC vendeu todos os contratos ofertados: 340 têm vencimento em 1º de outubro, e 3.660, em 1º de dezembro deste ano. A operação movimentou o equivalente a US$ 198 milhões.

 

BC faz rolagem de 10 mil contratos de dólar que vencem em abril

Mais cedo, o Banco Central realizou mais uma etapa da rolagem dos contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em 1º abril.

Foram vendidos 10 mil contratos: 500 com vencimento em 2 de janeiro, e 9.500 contratos para 2 de março de 2015. A operação movimentou US$ 492,2 milhões.

No total, o BC já rolou o equivalente a US$ 3,447 bilhões, ou pouco menos de 34% do lote total que vence no próximo mês, correspondente a US$ 10,148 bilhões.

As informações das cotações de fechamento são fornecidas pelo Portal Financeiro Forex Pros/Investing.com.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta