Notícias

Apenas 23% da população japonesa tem passaporte

Foto: Shutterstock

Pode parecer incrível, mas menos de 30 milhões de uma população com cerca de 126 milhões de cidadãos possuem passaporte no Japão.

O Japão é o país detentor do passaporte mais poderosos do mundo, segundo o ranking trimestral Passport Index Global, da empresa de consultoria Henley & Partners. Porém, apenas 23% da população japonesa tem passaporte.

Segundo informações do jornal japonês Nikkei Asian Review, a proporção de japoneses com passaporte é a menor do G7, grupo que reúne os sete países mais industrializados do mundo.

A pesquisa Henley & Partners apontou que Cingapura empatou com o Japão pelo primeiro lugar, seguido pela Coreia do Sul, cujos portadores de passaporte podem visitar 188 países e territórios sem visto.

Em outubro, os portadores de passaporte japonês poderiam visitar 190 países e regiões sem visto ou solicitando um na chegada.

CONTEÚDO RELACIONADO
Japão segue no topo dos passaportes mais poderosos do mundo

Os Estados Unidos e o Reino Unido ficaram em 15º lugar. Países da Europa, América do Norte e Leste da Ásia estão no topo da lista.

Discrepância

Com uma população de aproximadamente 126 milhões de cidadãos (excluindo estrangeiros), Japão tem menos 30 milhões de pessoas com passaporte, um número incrivelmente baixo para os padrões de um país que figura como a terceira maior economia do mundo, além de disponibilizar ótimos salários em um mercado de trabalho amplo e, ao mesmo tempo, apertado por conta de uma população envelhecida e consequente escassez de mão de obra.

De acordo com o Nikkei, os japoneses amam viajar. Mas na juventude preferem conhecer o próprio país, visto que, além de ser menos dispendioso, eles valorizam sua vasta cultura, que varia de região para região.

Japão é um país insular, repleto de ilhas, e uma cultura milenar com um número incontável de locais históricos, onde existe muito o que ver, visitar e se fazer.

Além disso, os japoneses têm o costume de economizar durante a idade apta ao trabalho para poder aproveitar na terceira idade, é quando a maioria inicia suas viagens ao exterior e, portanto, passam a possuir passaporte, diz o Nikkei.

Mundo-Nipo.com – MN
Fontes: Nikkei Asian | Henley & Partners Passport Index.