Notícias

Dólar cai pelo 3º dia seguido e termina a semana a R$ 2,35

O dólar já acumula desvalorização de R$ 2,45 no mês de fevereiro.

Do Mundo-Nipo

O dólar renovou sua desvalorização em relação ao real nesta sexta-feira (21), influenciado pelo anúncio na véspera sobre a nova meta fiscal do governo federal e acompanhando o desempenho mais fraco no exterior, onde se desvaloriza em relação a outras moedas emergentes.

O dólar comercial encerrou o dia com desvalorização de 0,81%, cotado a R$ 2,3534 para a venda. É o terceiro dia de queda da moeda e o menor valor de fechamento desde 20 de janeiro, quando encerrou cotada a R$ 2,338. Na quinta-feira (20), o dólar teve queda de 0,74%.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de US$ 1,2 bilhão, contra cerca de US$ 1,4 bilhão na véspera.

A divisa norte-americana encerrou a semana com queda acumulada 1,39%. No mês, a desvalorização é de 2,45%. No ano, o dólar passaou a acumular perda de 0,17%.

A queda nesta sessão foi uma continuação do otimismo da véspera, quando o governo anunciou um corte R$ 44 bilhões no Orçamento.

O movimento também foi influenciado pela depreciação da divisa norte-americana em relação às principais moedas emergentes. Após abrir o dia com desempenho misto, o dólar passou a cair de forma mais consistente no fim da manhã, recuando sobre o peso chileno, o rand sul-africano e a lira turca, detalhou o G1 Economia.

Também influenciou no resultado as intervenções do Banco Central.

 

Atuações diárias do Banco Central do Brasil (BC) no mercado de dólar

O Banco Central manteve seu programa de intervenções diárias no câmbio, com as novas regras anunciadas em dezembro. Agora, em vez de 10 mil contratos de swap cambial tradicional (que equivalem à venda de dólares no mercado futuro), são ofertados 4 mil contratos diariamente.

Nesta sexta, o BC vendeu todos os contratos ofertados: 500 têm vencimento em 1º de agosto e 3.500, em 1º de dezembro deste ano. A operação movimentou US$ 197,5 milhões.

 

BC realiza mais etapas de rolagem de contratos de dólar

O Banco Central realizou, nesta sexta-feira, mais um leilão de rolagem dos contratos de dólar que vencem em 5 de março.

Foram vendidos 10,5 mil contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) com vencimento em 2 de janeiro de 2015. O BC também ofertou swaps para 1º de outubro deste ano, mas não vendeu nenhum. A operação movimentou US$ 516,8 milhões.

No total, o BC já rolou o equivalente a US$ 6,196 bilhões, ou cerca de 84% do lote total que vence no próximo mês, que corresponde a US$ 7,378 bilhões.

As informações das cotações de fechamento são fornecidas pelo Portal Financeiro Forex Pros/Investing.com.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário