Notícias

Japão registra recorde de violência doméstica contra mulheres em 2015

Houve mais de 63 mil denúncias de violência doméstica em 2015, sendo que 90% das vítimas eram mulheres.

O número de denúncias de violência doméstica no Japão atingiu o recorde de 63.141 casos registrados em 2015, o que representa uma elevação de 6,9% em relação o ano anterior e marca o 12º ano consecutivo de alta, segundo o relatório da Agência Nacional de Polícia do Japão ((NPA, sigla em inglês), divulgado na n última sexta-feira.

Segundo a NPA, a forte elevação é porque a agência passou a incluir os casos de violência doméstica entre os casais que mantêm união estável, ou seja, aqueles que moram juntos, mas não são casados legalmente.

Essa inclusão se deve à revisão da lei japonesa “antiviolência doméstica”, em 2014, que passou a vigorar no início de 2015. Antes, a agência contabilizava somente as denúncias de violência cometida nos lares de casais casados civilmente.

Do total de denúncias, as mulheres representam cerca de 90% das vítimas, totalizando mais de 56,8 mil casos registrados no passado, o que representa um novo recorde. No entanto, as que mais sofreram violência foram mulheres casadas legalmente, 70% do total.

Casos de agressão verbal representam 55% do total das denúncias. A agência citou como exemplo maridos que torturam psicologicamente as esposas. Enquanto que aproximadamente 27% das mulheres sofreram violência física de seus parceiros.

O relatório mostra ainda que houve um aumento de 15,1% nas denúncias que resultaram em processo judicial, totalizando 7.914 processos enviados ao Ministério Público no ano passado.

(Com agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta