Notícias

Bolsa de Tóquio tem 4ª alta seguida e amplia máxima em 15 anos

O índice Nikkei atingiu o maior valor de fechamento desde abril de 2000.

Do Mundo-Nipo com Agências

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em alta pela quarta sessão seguida nesta segunda-feira (23), com o índice Nikkei renovando seu maior nível em 15 anos em meio ao clima de otimismo dos investidores em Tóquio, que reagiram positivamente à notícia de que a Grécia fechou um acordo provisório com seus credores europeus.

O Nikkei 225, índice que reúne as empresas mais negociadas da bolsa japonesa, teve ganhos de 134,62 pontos, alta de 0,73% ante o fechamento anterior, encerrando aos 18.466,92 pontos, o maior valor de fechamento desde abril de 2000.

O indicador Topix, que agrupa os valores da primeira seção em Tóquio, avançou 2,50 pontos, alta de 0,17% ante o fechamento de sexta-feira, encerrando o dia aos 1.502,83 pontos, seu melhor resultado desde dezembro de 2007.

O Volume das transações somou cerca 2,491 bilhões de ações negociadas contra 2,406 bilhões de ações na sessão anterior.

Logo no início das negociações, a bolsa japonesa já apresentava ganhos, reagindo positivamente à notícia de que a Grécia fechou um acordo provisório com credores europeus, na última sexta-feira. O governo grego concordou em estender o plano de resgate por mais quatro meses, essencial para garantir a solvência e liquidez dos bancos gregos e evitar a saída do país da zona do euro.

O mercado japonês também seguiu o movimento de ganhos nos mercados norte-americanos na última sexta-feira, com os índices Dow Jones Industrial Average e S & P 500 fechando ambos com recordes após a notícia do acordo da Grécia, o que impulsionou o índice Nikkei a encerrar em alta pela quarta sessão consecutiva.

Ao longo dos negócios de hoje, o Nikkei chegou a ultrapassar a marca de 18.500 pontos pela primeira vez desde 2 de maio de 2000.

O bom desempenho no mercado japonês também foi ajudado pela relativa estabilização do dólar e pela disposição de tomada de risco antes de a presidente do Federal Reserve (Fed), banco central dos EUA, Janet Yellen, fazer discursos no Congresso norte-americano nesta semana.

Entre os destaques da sessão, a Fast Retailing avançou 3,4%, após publicação de avaliação favorável pela Macquarie Capital, a Casio saltou 5,9%, depois de ter sua recomendação elevada pela Nomura Securities, de neutra para compra, e a Terumo apresentou ganho de 1,1%.

(Com informações das agências Estado e Kyodo)

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta