Notícias

Cúpula do G7 tem início no Japão

O encontro conta com os líderes das sete economias mais industrializadas do mundo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A cúpula do Grupo dos Sete (G7) teve início nesta quinta-feira (26) em Ise-Shima, na região central do Japão, em um encontro que conta com os líderes das sete economias mais industrializadas do mundo: Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha,Itália e Canadá, além de Japão, país anfitrião.

Durante a cúpula, os líderes conversarão sobre o desempenho da economia mundial, a possibilidade de uma recessão global, testes nucleares e de mísseis, principalmente por parte da Coreia do Norte, terrorismo, refugiados e a queda livre do preço do petróleo, sendo esse último item precisamente o que provocou o nascimento desta cúpula, em 1975.

O encontro conta com Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, David Cameron, primeiro-ministro britânico, François Hollande, presidente da França, Angela Merkel, chanceler alemã, Matteo Rendiz, presidente do Conselho Europeu e primeiro-ministrio italiano, Justin Trudeau, primeiro-ministro canadense, e Jean-Claude Juncker, presidente da comissão.

Pela manhã de hoje, os líderes visitaram o santuário xintoísta de Ise, considerado um dos lugares mais sagrados do Japão e foram recebidos no local por Shinzo Abe. Em seguida, eles participaram do ato simbólico de plantar uma árvore em um jardim, percorreram a pé parte do recinto e visitaram o Kotai, o edifício principal onde se realiza o culto a Amaterasu, a deusa do sol, há aproximadamente dois milênios.

O lugar foi escolhido por sua “beleza única” e por representar “a essência da tradição e a natureza do Japão”, segundo explicou ontem o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do país asiático, Yasuhisa Kawamura, que também descartou que o ato incluiria “qualquer formalidade” religiosa.

Fonte: Portal de notícias G1.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta