Notícias

Bolsa de Tóquio recua por cautela antes de reuniões do BC dos EUA e do Japão

O Nikkei fechou abaixo do limiar de 20.000 pontos pela 1ª desde a última terça-feira.

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em queda nesta segunda-feira (27), com os investidores cautelosos, à espera de balanços das empresas domésticas e guardado posição antes das decisões de política monetária nos Estados Unidos e no Japão.

O Nikkei 225, índice que reúne as empresas mais negociadas da bolsa japonesa, caiu 36,72 pontos, leve baixa de 0,18% ante o fechamento anterior, aos 19.983,32 pontos.  É primeira vez que o índice encerra abaixo do limiar de 20.000 pontos desde a última terça-feira, quando superou esse nível pela primeira vez em 15 anos.

Já o indicador Topix, que agrupa os valores da primeira seção em Tóquio, fechou praticamente estável, com leve alta de 0,23 pontos, leve variação positiva de 0,01%, encerrando o dia aos 1.619,07 pontos.

“É esperado que os resultados (balanços de empresas japonesas) para o ano fiscal passado (encerrado em março) venham fortes, mas as previsões das empresas para o ano em curso ainda são vistas com muita cautela”, disse Yutaka Miura, analista chefe da Mizuho Securities. “Estamos vendo alguma realização de lucros antes do Japão dar pausa de uma semana para o feriado Golden Week (que começa no final desta semana)”, acrescentou.

Analistas vêem a semana como um período de consolidação, enquanto o mercado espera por eventos importantes, entre eles os resultados das reuniões dos bancos centrais dos EUA e do Japão, que divulgarão decisões sobre suas políticas monetárias na quarta-feira e quinta-feira, respectivamente, com o Federal Reserve (banco central dos EUA) ponderando o momento de sua primeira elevação da taxa de juros em quase uma década, e sua contraparte, o Banco do Japão (BoJ), lançando seu panorama econômico semestral.

Ações de montadoras lideram as perdas em Tóquio. A Mazda Motor caiu 2,8% e a Mitsubishi Motor desvalorizou 4,1%, depois de ambas informarem, na sexta-feira passada, que reduziram a previsão do lucro líquido do grupo para o ano fiscal corrente, que termina em março de 2016.

Enquanto isso, a cadeia de lojas de conveniência Lawson saltou 3,2%, depois de anunciar uma aliança com a Tokyo Metro Co. para abrir cerca de 50 lojas em estações de metrô da capital japonesa.

O volume das transações na sessão principal ficou em torno de 1,870 bilhão de ações contra cerca de 2,139 bilhões observadas na sessão de sexta-feira.

== Kyodo

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta