Notícias

Dólar sobe ante o real e atinge o maior valor em mais de três semanas

A moeda dos EUA retornou ao patamar de R$ 2,24.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo com agências

O dólar fechou em alta ante o real nesta terça-feira (27), retornando ao patamar de R$ 2,24 após mais de três semanas, em um dia que os investidores evitaram ativos de maior risco por conta da violência na Ucrânia após as eleições bem sucedidas no fim de semana.

O dólar comercial encerrou o dia com alta de 0,75%, cotado a R$ 2,2407 para a venda. É o maior valor de cotação em mais de três semanas, desde 5 de maio, quando encerrou a R$ 2,247. Segundo dados da BM&F, o movimento ficou em torno de US$ 1 bilhão.

Com isso, a moeda norte-americana passou a acumular valorização no mês, com alta de 0,48%. No ano, porém, há queda de 4,95%.

“Vimos hoje um movimento de venda de ativos emergentes, estimulado pelo impasse na Ucrânia”, resumiu o gerente de operações do banco Confidence, Felipe Pellegrini, à Agência Reuters.

Mais de 50 rebeldes pró-Rússia foram mortos em uma ofensiva sem precedentes de forças do governo ucraniano. A notícia vem após o recém-eleito presidente do país, Petro Poroshenko, prometer esmagar a revolta no leste de uma vez por todas, destaca a Reuters.

O dólar subia contra moedas como o peso chileno, o rand sul-africano e a lira turca. No Brasil, analistas afirmaram que o impacto foi ampliado pela briga que antecede a formação da Ptax do mês, calculada pelo Banco Central e que serve de referência para diversos contratos cambiais.

A valorização da divisa dos EUA veio apesar da constante atuação do Banco Central. Boa parte do mercado avalia que as cotações atuais agradariam a autoridade monetária, pois não são inflacionárias e ao mesmo tempo não impactam as exportações.

 

Atuações do Banco Central no câmbio do dólar

Pela manhã, a autoridade monetária vendeu a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, que equivalem a venda futura de dólares, com volume equivalente a US$ 198,7 milhões. Foram 2,5 mil contratos para 1º de dezembro deste ano e 1,5 mil para 2 de fevereiro do próximo.

Em seguida, também vendeu a oferta total de swaps em leilão de rolagem. Até agora, foram rolados pouco mais de 45% do lote total que vence no próximo mês, equivalente a US$ 9,653 bilhões.

As informações das cotações de fechamento são fornecidas pelo Portal Financeiro Forex Pros/Investing.com.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta