Brasil registra 11,6 milhões de desempregados no 2º trimestre

Em três meses, o Brasil viu um crescimento de 497 mil desempregados, segundo dados divulgados hoje pelo IBGE.
Carteiras de trabalho Foto Bruno Figueiredo
O índice de desemprego no Brasil subiu para 11,3% (Foto: Bruno Figueiredo)

O índice de desemprego no Brasil subiu para 11,3% no segundo trimestre de 2016, de acordo a pesquisa divulgada nesta sexta-feira (29) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Trata-se da maior taxa já registrada desde janeiro de 2012, quando o instituto começou a compilar os dados.

No período, o número de desempregados no país também foi o mais alto já registrado pela pesquisa, totalizando 11,6 milhões de pessoas, mostraram os dados do IBGE e que fazem parte da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios)

Esse total significa que o Brasil registrou 497 mil desempregados a mais do que no primeiro trimestre, crescimento de 4,5%. Em um ano, o número chega a 3,2 milhões de pessoas a mais sem emprego, um aumento de 38,7%.

A pesquisa abrangeu 211.344 casas em cerca de 3.500 municípios. O IBGE considera desempregado quem não tem trabalho e procurou ocupação nos 30 dias anteriores à semana em que os dados foram coletados.

Fonte: UOL Economia.

Total
0
Shares

Deixe uma resposta

Previous Article
Sede do Banco do Japao Foto Wikimedia Commons 900x600 28 03 2016

BC do Japão decide expandir estímulo monetário

Next Article
Trabalhadores japoneses | ©Junko Kimura / iStock Free

Desemprego no Japão cai em junho e atinge menor nível em 21 anos

Related Posts