Notícias

Destroços recolhidos em Fukushima serão reciclados para obras públicas

O plano é reaproveitar os destroços que apresentarem menos de 8 mil becqueréis por quilo e reciclá-los para uso futuro em construções públicas, como estradas e muros anti- tsunami…

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O material recolhido durante a descontaminação de Fukushima será reciclado e reutilizado em construções públicas, anunciou o governo japonês nesta quarta-feira (30), sinalizando que a reciclagem se estenderá apenas a materiais com baixos níveis de radiação.

O governo planeja reaproveitar os destroços recolhidos na região afetada pela radiação e utilizá-lo como material de construção em outros lugares fora da área contaminada na Prefeitura de Fukushima nos próximos 30 anos.

O Ministério do Meio Ambiente japonês explicou que mais de 90% do material acumulado desde o desastre de 2011 poderá ser reutilizado após a eliminação dos elementos contaminados.

O plano é reaproveitar os destroços que apresentarem menos de 8 mil becqueréis por quilo. Esse material será separado daqueles com altas cotas de radioatividade e passado por processos de descontaminação para ser usado no futuro em obras públicas, que inclui pavimentação de estradas e até construções dos gigantescos muros de contenção de tsunami.

Os detritos recolhidos durante a descontaminação estão atualmente armazenados em dois depósitos próximos à acidentada usina de Fukushima. Juntos, eles somam um espaço com 16 quilômetros quadrados e podem abrigar até 30 milhões de toneladas de material.

O governo pretende reciclar esse material durante os próximos 30 anos. Depois disso, o resíduo restante será transferido para um depósito definitivo, cujo local ainda não foi decidido.

Fontes: NHK News | Agência Kyodo.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta