Notícias

Dólar cai ante real e fecha terceiro mês seguido em baixa

A moeda norte-americana fechou o mê de abril com desvalorização acumulada em 1,74%.

Do Mundo-Nipo

O dólar fechou com leve baixa ante o real nesta quarta-feira (30), com investidores buscando proteção antes do feriado do Dia do Trabalho e com a redução das intervenções do Banco Central brasileiro para reduzir o valor na moeda.

O dólar comercial encerrou o dia com leve queda de 0,14%, cotado a R$ 2,23 para a venda. Com isso, a moeda norte-americana fecha abril com desvalorização de 1,74%. É o terceiro mês seguido que o dólar encerra em baixa. No ano, a moeda acumula queda de 5,41%.

Segundo dados da BM&F, os negócios do dia movimentaram cerca de US$ 1,6 bilhão.

O dólar tem oscilado entre os patamares de 2,20 e 2,25 reais desde meados de abril. Segundo a Agência Reusters, alguns analaista de mercado acreditam que o BC está satisfeito com este patamar, pois não é inflacionário e ao mesmo tempo não prejudica as exportações.

No cenácio externo, notícias econômicas nos EUA também influenciaram o dólar nesta quarta, diminuindo o medo de investimentos de risco. O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no 1º trimestre cresceu apenas 0,1%, menos que as expectativas de 1,2%.

Mesmo assim, o Federal Reserve, banco central norte-americano, demonstrou confiança na economia e anunciou à tarde mais um corte de US$ 10 bilhões em seu programa de compra mensal de títulos. A decisão era amplamente esperada e não gerou grandes oscilações no mercado. “Foi um não evento”, resumiu à Reuters o economista da Lerosa Investimentos Fernando Mendes.

 

Intervenção do Banco Central no Câmbio

O Banco Central brasileiro não rolou todos os contratos de swaps cambiais, equivalentes a venda futura de dólares, que vencem na sexta-feira, o que também pressionou o dólar. Com isso, não foram adiados os vencimentos de contratos remanescentes que equivalem a cerca de 25% do lote total de US$ 8,733 bilhões.

Na prática, isso significa que a autoridade monetária diminuiu a quantidade de dólares que coloca no mercado e a pressão para que o valor da moeda caiu, o que indica que o nível da divisa é visto como adequado.

O BC continuou com as intervenções diárias e vendeu a oferta total de até 4 mil swaps, com volume equivalente a US$ 198,5 milhões. Foram 500 contratos para 1º de dezembro deste ano e 3,5 mil para 2 de março de 2015.

A Bolsa de Valores e o mercado de câmbio ficarão fechados nesta quinta-feira (1º), devido ao feriado do Dia do Trabalho no Brasil.

As informações das cotações de fechamento são fornecidas pelo Portal Financeiro Forex Pros/Investing.com.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta