Política

Somália pede assistência de treinamento vocacional ao Japão

O presidente somali quer oferecer especialização profissional a população de jovens para garantir-lhes emprego e assim mantê-los distantes de grupos terroristas.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Presidente da Somália, Hassan Sheikh Mohamud (Imagem: Reprodução/NHK)

O presidente Hassan afirmou que um treinamento vocacional poderá proporcionar dignidade aos jovens do país (Imagem: Reprodução/NHK)

O presidente da Somália, Hassan Sheikh Mohamud, espera que o governo japonês possa oferecer assistência de treinamento vocacional aos jovens no país a leste da África. O objetivo do presidente é ajudar a escassa população de jovens, oferecendo especialização profissional para garantir-lhes emprego e assim mantê-los distantes de grupos terroristas.

As declarações foram feitas durante uma entrevista a emissora pública NHK, no sábado (15). O presidente, que está de visita ao Japão, concentra-se nos esforços para reconstruir o país após uma guerra civil que perdurou por mais de 20 anos.

Antes de 2012, quando o governo atual assumiu o poder, a Somália não tinha como oferecer “serviços públicos, educação ou unidades de saúde”, afirmou o presidente na entrevista, acrescentando que esse fato impediu os jovens somalis de desenvolverem especialização profissional, fazendo com que muitos se juntassem a grupos de guerrilha ou extremistas islâmicos.

Hassan afirmou ainda que um treinamento vocacional poderá proporcionar a eles dignidade, bem como oferecer uma visão totalmente diferente da que tinham quando o país vivia em conflitos, mostrando um futuro com esperanças e realizações.

Segundo a emissora, o treinamento das forças de segurança e autoridades do setor agrícola da Somália terá início a partir de maio no Japão.

O governo japonês tem se empenhado em ajudar o país africano não só com treinamentos de pessoal em amplos setores, mas também oferecendo generosas doações. Na quinta-feira (14), o primeiro-ministro Shinzo Abe prometeu doar US$ 40 milhões à Somália. A promessa foi feita durante um encontro entre Abe e o presidente Hassan Sheikh Mohamud.

(Do Mundo-Nipo com informações da Rede NHK)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta