Curiosidades

Empresas japonesas oferecem aplicativos e jogos que ajudam a planejar casamento

Empresas de matrimônio estão facilitando a vida dos casais ao oferecer aplicativos para smartphones com tarefas que ajudam nos preparativos para o grande dia.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Aplicativos e jogos que ajudam a planejar casamento (Foto: Kyodo)

Ao digitar a data de um casamento, o aplicativo “Wedding Chic” apresenta automaticamente um cronograma com cerca de 170 tarefas (Foto: Kyodo)

Casar pode ser um dos maiores momentos na vida de uma pessoa, mas com os preparativos intermináveis ​​como escolher o vestido de noiva e o local para afinar a lista de convidados, muitos casais acabam brigando. Pensando nisso, algumas empresas do Japão estão facilitando a vida dos casais ao oferecer programas e aplicativos, incluindo jogos, com tarefas para ajudar os muitos preparativos que antecedem o casamento.

Para ajudar o casal a manter o controle de seus horários e fazer os preparativos mais fáceis, as empresas do setor estão oferecendo programas de computador e aplicativos para smartphones que ajudam a organizar e programar tudo para o grande dia. Os programas também são ferramentas importantes para atrair clientes em um mercado estagnado em meio à diminuição da população japonesa.

Koki Fukumoto, de 26 anos de idade, que planeja se casar em novembro, disse que usa o “Wedding Chic”, aplicativo para smartphone gratuito fornecido pela Novarese’, uma das maiores e mais famosas empresas de serviços de casamento no Japão.

Ao digitar a data de um casamento, o aplicativo apresenta automaticamente um cronograma para completar cerca de 170 tarefas, desde a elaboração da lista de convidados a escolha dos presentes que o casal deseja receber. O aplicativo também envia e-mails automáticos avisando o usuário quando o prazo para uma importante tarefa irá terminar.

“Fiquei surpreso, há tantas coisas que precisam ser feitas, muito mais do que eu imaginava”, disse Fukumoto, que mora em Kamakura, na província de Kanagawa, destacando que o aplicativo o tem ajudado muito.

O aplicativo já foi baixado cerca de 40.000 vezes desde que foi lançado pela Novarese, a cerca dois anos.

A empresa também lançou um novo software de computador chamado “Wedo” no ano passado. O programa permite aos casais, que têm data de casamento reservada com a Novarese, interagir online com os organizadores, reduzindo a necessidade de longas reuniões e a perda de tempo com o deslocamento para a empresa.

“Então, quando o organizador do casamento e o casal realmente se encontrarem é que eles poderão discutir os detalhes principais do casamento, tais como a forma como gostariam de criar o clima para a cerimônia e como entreter os convidados”, disse Keiichi Suganuma, gerente da divisão de planejamento de vendas da Novarese.

Embora estes aplicativos sejam extremamente úteis e ajudem muito, organizar um casamento não deixa de ser estressante e cansativo, mas a empresa Bridal Produce, que corre salões de festas, principalmente na área metropolitana de Tóquio, lançou um divertido software do jogo chamado “Styleus”.

No jogo, que usa uma antiga paisagem europeia como pano de fundo, o carro dos jogadores (noivos) fica cada vez mais perto de um castelo à medida que o usuário for concluindo as 42 tarefas preparatórias.

“Nós tivemos a ideia para que os jovens casais possam desfrutar das preparações como parte de um jogo interessante”, disse Masashi Shimoyamada, gerente da seção de vendas da Bridal Produce.

Enquanto isso, a Recruit Marketing Partners, editora da Zexy, uma das principais revistas de noivas do Japão, oferece um aplicativo de smartphones do tipo lista de verificação através do seu site “zexy net”, proporcionando aos usuários o horário médio e explicações detalhadas para cerca de 240 tarefas de preparação para casamento.

As informações são da agência Kyodo – Todos os direitos reservados,

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta