Culinária

Receita de salada somen

Somen é um dos macarrões mais tradicionais da culinária japonesa, ideal para ser usado em saladas.

Atualizado em 20/11/2017


Próprio para ser consumido frio, o somen é um dos macarrões mais tradicionais da culinária japonesa, ideal para ser usado em saladas por ser leve, saboroso e muito nutritivo, além de versátil porque pode ser servido como acompanhamento em diversos pratos ou, simplesmente, ser consumido“unicamente” como prato principal.

A salada somen é extremamente simples de fazer, principalmente porque pode ser preparada usando ingredientes básicos que, praticamente, todo mundo tem na dispensa.

Ingredientes (porção para duas pessoas)

100g de macarrão somen
90g de atum em conserva ou 100g de presunto cortados em tiras
50g de cebola
100g de pepino japonês
4 colheres (sopa) de maionese
Sal, salsão ou saisinha, pimenta do reino e molho de soja (shoyu) a gosto

Modo de preparo

1 Encha de água uma panela grande e leve à fervura.

2 Acrescente o macarrão e cozinhe até ficar al dente. Quando tirar do fogo, coloque-o em uma peneira e deixe de baixo de água corrente fria até sair toda a água da fervura e, em seguida, deixe-o escoar bem (reserve).

3 Abra a lata de atum e deixe escorrer até sair o óleo (reserve).

4 Corte a cebola ao meio e depois em rodelas finas. Depois deixe mergulhadas na água por 5 a 10 minutos, para sair o gosto forte, e, em seguida, coloque em uma peneira para escoar (reserve).

5 Corte e pepino em rodelas finas e tempere com sal. Depois deixe escoando até que saia o excesso de água (reserve)

6 Misture o macarrão, o atum, a cebola, a salsinha, o pepino e a maionese em uma tigela e tempere com sal, pimenta do reino e molho de soja, na quantidade que preferir. Caso prefira usar presunto o invés de atum, corte-o em tiras com cerca de 5 cm de cumprimento.

7 Arrume a salada numa tigela média e sirva frio.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários