Datas festivas

Dia da Fundação Nacional do Japão: Kenkoku Kinen no hi

No dia 11 de fevereiro, feriado nacional, é comemorado a fundação do país e a adesão do primeiro imperador japonês.

O Japão celebra anualmente, no dia 11 de fevereiro, a fundação do país e a adesão do primeiro imperador japonês.

Feriado nacional, o dia promove a reflexão da cidadania japonesa, o patriotismo, a democracia e o desenvolvimento, além de homenagens a Família Imperial.

 

O dia também é marcado com muitas celebrações e festividades que ocorrem em todo o país. (Foto: Nick De Wolf)

O dia também é marcado com muitas celebrações e festividades que ocorrem em todo o país. (Foto: Nick De Wolf)

 

Imperador Jimmu retratado pelo artista japonês Tsukioka Yoshitoshi 1839-1892 (Imagem: Reprodução)

Imperador Jimmu retratado pelo artista japonês Tsukioka Yoshitoshi 1839-1892 (Imagem: Reprodução)

De acordo com registros do antigo livro Nihonshoki (Crônicas do Japão), compilado no século VIII, o primeiro imperador do Japão,  Jimmu, assumiu o império em um dia de Ano Novo, em 660 a.C, com base no calendário chinês, por isso diz-se que o Dia da Fundação Nacional do Japão se originou do Dia de Ano Novo.

Até janeiro de 1873, o dia da fundação do país não era considerado feriado oficial. Mas, a partir daquele ano, foi denominado Kigensetsu ou Empire Day (Dia da Independência), sendo abolido em função de uma nova lei em 1948. Somente em 1966 é que o dia recebeu o nome de Kenkoku Kinen no hi, também denominado Kenkoku kinen-bi, ou seja, Dia Nacional da Fundação.

Kamuyamato Iwarehiko, que após torna-se imperador, assumiu o nome de  Jimmu Tenno. O livro também destaca que Jimmu era descendente direto da deusa xintoísta Amaterasu (Deusa do Sol), de acordo o Nihonshoki,

O livro relata ainda que Jinmu cresceu na província de Miyazaki, governou a região de Kyushu e posteriormente, quando atingiu os quarenta anos, dirigiu-se para o Porto Mimitsu, no centro do Japão. Apesar das dificuldades, chegou à Yamato, atualmente Nara, onde construiu o primeiro palácio imperial e subiu ao trono, tornando-se o primeiro imperador do Japão.

A Casa Imperial do Japão se baseia nos descendentes diretos de Jimmu, cuja existência não é confirmada por historiadores. Entretanto, a despeito dos relatos duvidosos e conflitantes sobre a existência de Jimmu, os japoneses sentem orgulho da Família Imperial, e tradicionalmente prestam homenagem aos “descendentes do Imperador Jinmu” na data em que é celebrado o dia da fundação do pais.

 

Japoneses prestam homenagem a Família Imperial (Foto: Aflo Images)

Todos os anos, uma multidão de japoneses prestam homenagens a Família Imperial (Foto: Aflo Images)

 

Para muitos, a data também significa reflexão, esforço e comprometimento na construção do futuro do Japão, baseados nos mitos, cultura e tradição.

 

Fontes de pesquisa:

Vidasemvoltas , site especializado em cultura japonesa
• Livro Japan – Dictionary Culture and Civilization | Autores: Frederic Louis David and Alvaro Iwang

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários