Notícias

Japão e China reforçam cooperação econômica

©Stockvault/Fre

As duas maiores economias da Ásia estreitaram os laços econômicos na cúpula de Diálogo de Finanças, em Pequim.

Atualizado em 02/09/2018


O Japão e a China concordaram em reforçar a cooperação econômica e financeira, afirmaram representantes dos dois países após uma cúpula anual de finanças realizada em Pequim, na última sexta-feira, informou neste sábado (1) a emissora estatal japonesa ‘NHK’.

O 7º Diálogo de Finanças entre Japão e China” teve como representantes o vice-premiê e ministro japonês das Finanças, Taro Aso, e sua contraparte, o ministro chinês Liu Kun.

Na declaração conjunta emitida após a reunião afirma que as duas maiores economias da Ásia concordaram em “contribuir para o desenvolvimento contínuo, saudável e firme das relações entre Japão e China”.

No documento consta ainda a promessa em acelerar os diálogos para reviver um acordo de swap cambial entre os dois países de modo a oferecer recursos um ao outro no caso de uma crise financeira.

O texto também assinala uma promessa de promover a ideia de uma estrutura que permitirá que empresas privadas no Japão e na China possam conjuntamente desenvolver infraestrutura em um terceiro país.

A declaração aparentemente faz menção à postura protecionista adotada pela administração do presidente americano, Donald Trump. O documento nota que o protecionismo não pode ser benéfico para qualquer que seja o país, e que ambas as partes vão manter e promover um sistema de comércio multilateral livre, aberto e baseado em regras.

Aso disse a repórteres que sente que realizaram diálogos em uma boa atmosfera, refletindo a melhora nas relações entre os dois países.

Fonte: NHK News Japan.

Comentários