Notícias

Bolsa de Tóquio fecha em baixa após 4 altas seguidas

O recuo na bolsa japonesa só não foi maior em razão do otimismo dos investidores com uma suposta recuperação da economia japonesa.

Do Mundo-Nipo com Agências

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em baixa nesta quinta-feira (14), interrompendo uma sequência de quatro altas, com os investidores preocupados com o ritmo da recuperação econômica norte-americana após dados fracos, divulgado na véspera, sobre vendas no varejo dos Estados Unidos. O movimento de perda também foi influenciado pela surpreendente alta dos rendimentos dos bônus, que encareceu ações em relação a títulos públicos e limitou os ganhos nos mercados acionários asiáticos.

O Nikkei 225, índice que reúne as empresas mais negociadas da bolsa japonesa, caiu 194,48 pontos, recuo de 0,98% ante o fechamento anterior, encerrando o dia ao s 19.570,24. Já o indicador Topix, que agrupa os valores da primeira seção em Tóquio, recuou 12,72 ponto, baixa de 0,79%, fechando aos 1.591,49 pontos.

Na quarta-feira (13), o Departamento do Comércio dos EUA informou que as vendas no varejo do país ficaram estáveis entre março e abril, contrariando a expectativa dos economistas, de crescimento de 0,2% no período. No mesmo período, o índice de preços das importações caiu 0,3%, quando a previsão era de alta de 0,3%, o que elevou as dúvidas quanto ao comportamento da inflação no país.

Os dados fracos alimentaram a perspectiva de que o juro básico nos EUA pode demorar mais para começar a subir. O resultado também fez o dólar recuar ante o iene, o que é visto como um sinal ruim para as ações japonesas.

Outro fator que vem pesando sobre o ânimo dos investidores é a alta dos juros dos bônus governamentais, especialmente na Europa. Quando o mercado de títulos oscila muito, “bancos podem ser obrigados a vender outros ativos de risco”, disse Eiji Kinouchi, estrategista da Daiwa Securities.

“Aumentos no retorno ao investidor em bônus são preocupantes, principalmente em um momento em que a economia global parece desacelerar”, disse ontem Yoshihiro Okumura, do fundo de investimentos Chibagin.

O recuo na bolsa japonesa só não foi maior em razão do otimismo dos investidores locais com uma suposta recuperação da economia japonesa, sentimento impulsionado pelos bons resultados de balanços financeiros de algumas das principais empresas do país.

Segundo Hideyuki Ishiguro, da Okasan Securities, muitas empresas estão apresentando fundamentos sólidos, batendo expectativas e revisando para cima estimativas de lucros para os trimestres seguintes.

Entre os destaques corporativos, as ações da montadora Nissan subiram 2,25% após a empresa revisar para cima sua expectativa de lucro para o ano fiscal que termina em março de 2016. Já os papeis da Daikin Industries subiram 3,50% após a companhia divulgar que seu lucro líquido cresceu 29% no ano fiscal que terminou em março.

O volume das negociações na seção principal caiu para 2.574,84 bilhões de ações, contra de 2.791,59 bilhões de ações observados na véspera.

(Com informações das agências Estado e Kyodo)

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*