Notícias

Japão estuda descartar fraldas em vaso sanitário

Foto: Shutterstock

País sofre com o crescente descarte de fraldas usadas por conta da rápida expansão da população idosa.

Japão é o país onde o índice de longevidade é o maior do planeta e, como consequência, enfrenta sérios problemas com a rápida expansão da população de idosos. Um deles é o crescente descarte de fraldas usadas, que vem se tornando um problema em instituições de cuidado de idosos.

Mediante isso, o Ministério dos Transportes, Infraestrutura e Turismo do país vai iniciar no próximo ano fiscal japonês, que começa em abril deste ano, um teste de viabilidade de um plano para descartar fraldas na rede de esgoto, informou na terça-feira (13) a emissora pública ‘NHK’.

Segundo o Ministério, famílias com idosos e crianças pequenas também reclamam por ter que manter fraldas usadas em casa até o dia da coleta de lixo. Segundo a ‘Kyodo News’, muitas localidades no país recolhem o lixo apenas uma vez na semana.

Na terça-feira, a pasta realizou uma reunião com especialistas para programar os testes. O Ministério propôs desenvolver um dispositivo para triturar fraldas usadas em pequenos fragmentos, de modo que elas possam ser descartadas no vaso sanitário.

Também foi sugerido criar um depósito coletivo em instituições de assistência social e condomínios para receber esse tipo de material.

Durante o teste de viabilidade, serão levadas em conta questões como, por exemplo, evitar que fraldas trituradas entupam a rede de esgoto, além da responsabilidade pelos custos do projeto, principalmente com o suposto desenvolvimento de um “triturador de fraldas”.

Ainda de acordo com a emissora estatal, o Ministério pretende decidir até o ano fiscal de 2021 se as fraldas poderão ou não ser descartadas na rede de esgoto.

Do Mundo-Nipo
Fontes: NHK News | Kyodo News.

Comentários