Notícias

Dólar fecha em queda com expectativas eleitorais no Brasil e tensões na Ucrânia

O dólar encerrou o dia com desvalorização de 0,20%.

Do Mundo-Nipo com Agências

O dólar fechou em queda ante o real nesta segunda-feira (21), em mais um dia marcado pelo movimento global de aversão ao risco na sequência da queda do avião na Ucrânia, o que aprofundou a crise entre separatistas pró-Moscou e Kiev, enquanto no mercado interno, as tensões foram aliviadas pelas expectativas eleitorais no Brasil.

O dólar comercial encerrou o dia com desvalorização de 0,20%, cotado a R$ 2,2239 para a venda. Segundo dados da BM&F, o movimento financeiro ficou em torno de US$ 1 bilhão, abaixo da média diária do mês passado, de US$ 1,3 bilhão.

A crise entre separatistas pró-Moscou e Kiev, que aprofundada na última quinta-feira após a queda de um avião malaio no leste da Ucrânia, levou investidores a evitar ativos de risco e se refugiarem em ativos mais seguros, como aqueles denominados em dólares.

O resultado desta segunda também foi influenciado, de acordo com o jornal “Valor Econômico”, pela queda dos rendimentos dos títulos norte-americanos, entre outros fatores. Com isso, investidores estrangeiros tendem a aplicar em negócios brasileiros, que rendem mais devido a uma taxa maior de juros.

A taxa básica de juros (Selic) no Brasil está atualmente em 11% ao ano, enquanto nos EUA e na Europa as taxas encontram-se perto de zero.

Quanto mais dólares entram no país por meio de investimentos externos, mais barato ele tende a ficar em relação ao real.

O impacto no câmbio devido as preocupações com a Ucrânia foi compensado no Brasil pela pesquisa Datafolha, que mostrou na semana passada empate técnico entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e o candidato Aécio Neves (PSDB) num eventual segundo turno das eleições de outubro.

 

Intervenções do Banco Central no câmbio

Pela manhã, O Banco Central vendeu a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, que equivalem a venda futura de dólares, com volume correspondente a US$ 198,7 milhões. Foram vendidos 3,5 mil contratos para 2 de fevereiro de 2015 e 500 para 1º de junho de 2015.

O BC também vendeu a oferta total de até 7 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em agosto. Ao todo, o BC já rolou cerca de 44% do lote total, que corresponde a US$ 9,457 bilhões.

No exterior, o dólar operava perto da estabilidade em relação ao euro, com o mercado tranquilo sobre a política monetária nos Estados Unidos, de que os juros da maior economia do mundo não vão subir tão cedo.

As informações das cotações de fechamento são fornecidas pelo Portal Financeiro Investing.com Brasil.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*