Notícias

Japonês de 89 anos é preso após agredir crianças por causa de barulho

O incidente ocorreu em um complexo habitacional na cidade de Wakayama (Foto: Reprodução/ANN News)

O idoso puxou as orelhas de duas crianças enquanto as segurava por trás. Ele teria dito à polícia que “elas eram barulhentas”.

Um homem de 89 anos foi preso acusado de agredir duas crianças que brincavam de jogar bola em um complexo habitacional na cidade de Wakayama, no centro-oeste do Japão. Segundo o jornal japonês ‘Sankei’, o idoso teria dito à polícia que às agrediu porque eram “muito barulhentas”.

Segundo a publicação do ‘Sankei’, o incidente ocorreu por volta das 10 horas locais de segunda-feira, quando o idoso, identificado como Yukichi Ishikawa, “agarrou” por trás as duas crianças, um menino e uma menina de 10 e 8 anos, respectivamente, que estavam brincando com uma bola dentro do pátio do conjunto habitacional.

“O homem teria dito que as crianças estavam fazendo muito barulho e, enquanto as segurava, puxou as orelhas de ambas”, conforme noticiou nesta quinta-feira (22) o ‘Sankei’.

Um morador viu todo o ocorrido e ligou para o número 110, chamada de emergência da polícia local.

Ainda de acordo com o ‘Sankei, ao ser preso, Ishikawa argumentou que as crianças do conjunto habitacional “são muito barulhentas quando brincam ao ar livre”, e que já havia reclamado sobre o fato com as autoridades do condomínio e os vizinhos responsáveis pelas crianças.

Os japoneses são notórios por prezar o silêncio, principalmente os mais velhos, que demonstram intolerância a brincadeiras de crianças, avalia o jornal japonês.

O caso mais recente envolvendo “barulho de crianças” ocorreu na semana passada, quando um homem descontrolado e armado com um machado invadiu uma escola de Kitanagoya, município da cidade de Nagoya, o que deixou os alunos em pânico. Ao ser preso, ele teria argumentado que os alunos faziam muito barulho.

Comentários