Política

Premiê japonês vai ajudar na estabilidade e segurança da África

A proposta do premiê foi apresentada no segundo dia da Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento Africano.

Do Mundo-Nipo

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão,  e Nkosazana Dlamini Zuma, presidente da  Comissão da União Africana (Foto: Kyodo)

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, e Nkosazana Dlamini Zuma, presidente da Comissão da União Africana (Foto: Kyodo)

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, comprometeu-se a investir um bilhão de dólares para o reforço dos sistemas sociais e de segurança na região africana do Sahel.

A proposta do premiê foi apresentada no segundo dia da Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento Africano (TICAD, na sigla em inglês), que reuniu líderes de cerca de 50 países da África.

Abe disse em seu discurso que a estabilidade regional é essencial para a prosperidade da África e que o Japão irá fornecer a região do Sahel fundos por mais cinco anos.

A assistência inclui fundos para impulsionar a produção de alimentos, educação e sistemas de saúde, bem como a formação de profissionais de segurança para combater o terrorismo.

O governo japonês quer promover a segurança na África para o continente atrair mais empresas japonesas.

Abe citou a crise dos reféns em uma usina de gás em janeiro, que chocou os japoneses. O ataque terrorista deixou pelo menos 39 pessoas mortas, incluindo 10 cidadãos japoneses.

O primeiro-ministro ressaltou que o Japão vai agir em conjunto com os países da região para restabelecer a paz e a estabilidade em Sahel.

A reunião do TICAD acaba na segunda-feira (03).

As informações são da rede NHK.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*