Política

Japão pretende liderar desarmamento nuclear

O Japão deve enfrentar pressão da comunidade internacional este ano para desempenhar um papel de liderança.

Do Mundo-Nipo

Bombardeio atômico em Hiroshima e Nagasaki (Fotos: Divulgação)

Bombardeio atômico em Hiroshima e Nagasaki (Fotos: reprodução)

O  Japão deve enfrentar pressão da comunidade internacional este ano para desempenhar um papel de liderança em busca do desarmamento nuclear.

Autoridades do governo recentemente tomar a decisão de comprometer o Japão para uma declaração das Nações Unidos que se opõe ao uso de armas nucleares em qualquer circunstância.

A declaração da ONU aconteceu em meio a discussões entre os países que querem um tratado que proíba as armas atômicas e os que defendem uma abordagem mais gradual que permite a dissuasão nuclear.

Uma conferência internacional no México no próximo mês vai estudar o impacto humanitário de um ataque nuclear.

O Japão também pretende organizar uma conferência internacional em abril para discutir o desarmamento nuclear. A reunião de ministros das Relações Exteriores dos países que não possuem armas nucleares terá lugar em Hiroshima, o local de um ataque nuclear na Segunda Guerra Mundial .

As informações são da NHK.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*