Política

Coreia do Sul apresenta protesto oficial contra o Japão

O porta-voz sul-coreano criticou a descrição das ilhas disputadas no Livro Branco da Defesa do Japão.

Do Mundo-Nipo

Takashi Kurai, vice-chefe da missão da embaixada japonesa na Coreia do Sul, chegando ao Ministério das Relações Exteriores sul-coreano (Foto: Kyodo)

Takashi Kurai, vice-chefe da missão da embaixada japonesa na Coreia do Sul, chegando ao Ministério das Relações Exteriores sul-coreano (Foto: Kyodo)

A Coreia do Sul apresentou nesta terça-feira um protesto oficial contra o Japão, que definiu as Ihas Takeshima/Dokdo, reivindicadas por Seul, como território japonês.

O Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul ligou para o vice-chefe da embaixada japonesa no país, Takashi Kurai, para comunicar o protesto.

O porta-voz sul-coreano criticou a descrição das ilhas disputadas no Livro Branco da Defesa do Japão para 2013, divulgado hoje mais cedo.

“Nós protestamos fortemente contra o Japão, incluindo novamente uma reivindicação territorial sobre as Ilhas Dokdo, que é claramente nosso território”, disse o Ministério.

De acordo com o comunicado, a Coreia do Sul pede que o Japão exclua imediatamente a alegação do Livro Branco e que evite a repetição de casos semelhantes.

O governo sul-coreano disse que não tolerará mais reivindicações territoriais japonesas sobre as ilhas.

O documento também causou desacordo com a China, que criticou as declarações japonesas de que as atividades marítimas chinesas são “perigosas”.

 

Para saber mais sobre Política, clique em mundo-nipo.com/politica. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*