Sociedade

Governo japonês pede igualdade de gênero em empresas do país

Poucas mulheres no Japão ocupam cargos gerenciais.

Do Mundo-Nipo

Foto: AFLO

Foto: AFLO

O Livro Branco aprovado pelo Conselho de Ministros do Japão nesta sexta-feira está pedindo maior igualdade de gênero no local de trabalho.

De acordo com o relatório, poucas mulheres no Japão ocupam cargos gerenciais, em comparação com mulheres nos Estados Unidos, Europa e outros países asiáticos.

Cerca de 50 páginas descrevem como empregadores podem fazer melhor uso de trabalhadoras mulheres, vendo-as como central para estratégia de crescimento do governo.

O relatório diz que as mulheres são um pilar potencial de crescimento econômico no Japão, uma vez que a economia está sofrendo uma mudança drástica e a renda para homens está em declínio.

Mulheres em cargos  gerenciais no Japão representam apenas 11%, enquanto nos Estados Unidos representam 43% e 53% nas Filipinas.

O documento ainda aponta que 28% das mulheres empregadas no Japão renunciam quando se casam e 36% pedem demissão quando dão à luz ao primeiro filho.

O governo japonês concluiu que deve apoiar empresas a equilibrar o trabalho com a criação dos filhos, bem como melhorar as oportunidades de emprego e divulgar os resultados de seus esforços.

As informações são da rede NHK.

 

Para saber mais sobre Sociedade, clique em mundo-nipo.com/sociedade. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*