Sociedade

Prêmio Pritzker 2014 é concedido ao japonês Shigeru Ban

Shigeru Ban é o sétimo japonês a ganhar o ‘Oscar da arquitetura’.

A Hyatt Foundation anunciou na tarde desta segunda-feira (24) que Shigeru Ban é o mais novo arquiteto japonês a receber Prêmio Pritzker de 2014. Trata-se do sétimo japonês a receber o que é considerado o ‘Oscar da arquitetura’. Os japoneses agraciados antes de Ban foram Kenzo Tange (1987), Fumihiko Maki (1993), Tadao Ando (1995), Ryue Nishizawa e Kazuyo Sejima (2010) e Toyo Ito (2013).

Ban, conhecido tanto por seus projetos privados quanto por obras públicas, se destaca especialmente por sua dimensão humanitária. Ele é conhecido mundialmente por trabalhar com técnicas de construção de casas para vítimas de desastres, como o terremoto que atingiu o Japão em 2011.

Quando informado por um representante do júri de que era o ganhador da premiação máxima em sua área, Ban reagiu com cautela em seu discurso: “Receber este prêmio é uma grande honra e, com ele, preciso ter cuidado”, disse ele, acrescentando que continuará a ouvir as pessoas para quem trabalha.

“Continuarei ouvindo as pessoas para quem eu trabalhar, seja nos projetos residenciais privados ou nos trabalhos pós-desastres. Eu vejo o prêmio como um incentivo para continuar a fazer o que eu faço, não para mudar, mas para crescer”, afirmou ele.

A revista online Casa Vogue destacou que “a originalidade, sustentabilidade, economia e uso inteligente dos materiais são as marcas do trabalho do japonês, cuja unidade estética da obra pode não ser tão marcante quanto a de ganhadores do passado (Oscar Niemeyer e Paulo Mendes da Rocha, por exemplo, para ficar só nos brasileiros), mas de força conceitual igualmente poderosa”.

Ainda de acordo com a Casa Vogue, o arquiteto tem na madeira um de seus materiais preferidos, como comprovam o Centre Pompidou de Metz, na França, a sede da empresa suíça Tamedia, em Zurique, ou o Pavilhão Japonês da Expo 2000, em Hannover, Alemanha. E traz também no currículo as mais inventivas soluções, como os famosos tubos de papel que ele aplica em edificações desde o inicio da década de 1990, e que empregou, por exemplo, na reconstrução da catedral de Christchurch, na Nova Zelândia, destruída por um terremoto. Apesar disso, o professor da Universidade de Kioto rejeita o título de arquiteto ecológico.

De acordo com o júri, o Prêmio Pritzker reconhece aos arquitetos que conseguem demostrar excelência na obra construída e que fazem uma contribuição significativa e consistente para a humanidade.

Clique no site oficial de Shigeru Ban e confira os trabalhos do arquiteto.

Do Mundo-Nipo

Comentários

Deixe de comentário

*