Mais Esportes

Bandeira do Sol Nascente em novo uniforme do Japão pode gerar polêmica

A bandeira é tida como símbolo da invasão japonesa na II Guerra Mundial, e pode irritar as nações vizinhas do país asiático…

Do Mundo-Nipo

A Adidas trouxe uma novidade controversa ao novo uniforme do Japão. Trata-se do da Bandeira do Sol Nascente, refletindo discretamente no fundo da camisa a partir do escudo da JFA (Associação de Futebol Japonesa).

 

Kagawa usando o novo uniforme do Japão 2014-2015 (Foto: Divulgação)

A Bandeira do Sol Nascente é tida pelos países vizinhos como símbolo da invasão japonesa na II Guerra Mundial (Foto: Divulgação)

 

O uniforme com a bandeira pode parecer estiloso, e até motivo de orgulho dos japoneses, mas, segundo destacou o jornal ‘GK’, irrita as nações vizinhas do país asiático.

A bandeira, que é uma variante da Bandeira Nacional do Japão, possui um disco solar com 16 raios e foi usada historicamente pelas Forças Armadas do Japão, particularmente a Marinha Imperial Japonesa. Conhecida em japonês como Kyokujitsu-ki, ela foi adotada pela primeira vez como bandeira naval em 7 de outubro de 1889, e foi usada até o final da Segunda Guerra Mundial, em 1945.

Banida pelo Tratado de São Francisco, que proibia o Japão de ter as suas próprias forças armadas, começou a ser utilizada novamente, em 1952, para representar as forças de auto-defesa do país. Foi readotada em 30 de junho de 1954, e hoje é usada como bandeira naval da Força Marítima de Autodefesa do Japão.

Entretanto, a Bandeira do Sol Nascente é tida como símbolo às invasões nos territórios da China, da Coreia do Sul e de boa parte do sudeste asiático, antes e durante a Segunda Guerra Mundial.

Os governos de China e das duas Coreias a comparam à suástica, símbolo do nazismo, devido à série de crimes de guerra que Japão é acusado antes e durante a Segunda Guerra Mundial, dos quais têm sido motivos de divergências políticas e históricas até os dias atuais.

O jornal ‘GK’ destacou um acontecimento polêmico envolvendo a bandeira em 2013, quando Georges St-Pierre, o lutador de MMA teve que pedir desculpas após usar um quimono com o sol estilizado antes de uma luta contra um sul-coreano.

O uniforme reserva japonês também divide opiniões, porém, por motivos simplesmente estéticos, já que a cor é amarela e diverge completamente do tradicional uniforme azul.

De acordo com a Adidas, a cor foi inspirada no país que vai sediar a Copa do Mundo. “Amarelo é a cor do Brasil, queremos que os brasileiros se identifiquem e também torçam pela seleção japonesa”, disse um representante da fornecedora alemã de material esportivo.

Trata-se, no entanto, de um amarelo próximo ao verde, em tom fluorescente que nem sempre agrada a todos. Os “Samurais Azuis”, nome alternativo da seleção japonesa, conta com short e meiões desta cor em ambos os kits.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.