Conhecer o Japão sem sair de casa: livros, jogos e filmes para desfrutar da cultura japonesa

Festival de wagasa | ©Kohji Asakawa / Pixabay

Qual é o seu top 10 de viagens de sonho? Se tivéssemos de apostar, diríamos que nessa lista está incluído o Japão. Tóquio, Quioto e Osaka são apenas algumas das cidades que fazem sonhar muitos viajantes.

Mas o Japão é “do outro lado do mundo” para quem vive em Portugal, ou no Brasil, e é uma viagem que exige algum planejamento – é tempo para desfrutar das maravilhas do país.

Enquanto não é hora de fazer as malas, convidamos a conhecer a cultura japonesa sem sair do seu sofá, “viajando” até ao Japão através de alguns livros, jogos e filmes que são uma porta de entrada para as características muito próprias deste país oriental.

Vejamos, então, algumas recomendações:

Cafés, gatos, livrarias: uma mescla de história e contemporaneidade

Ler é a atividade que, por excelência, permite viajar sem sair do lugar. A literatura japonesa é bastante rica, tendo já vencido o Nobel por duas vezes, e isto sem contar com Kazuo Ishiguro, em 2017, pois, apesar de nascido no Japão, foi laureado como cidadão britânico.

Yasunari Kawabata foi o primeiro japonês – e apenas o segundo asiático – a conquistar o mais importante prêmio literário do mundo, em 1968. Seguiu-se Kenzaburo Oe, em 1994, e, segundo os especialistas literários, há de se seguir Haruki Murakami, um dos mais reconhecidos escritores japoneses em todo o mundo.

Algumas das obras mais famosas de Murakami incluem:

●  Norwegian Wood

●  Kafka à beira-mar

●  Sputnik, meu amor

●  1Q84

●  O impiedoso país das maravilhas e o fim do mundo

Qualquer um dos títulos acima imerge os leitores na cultura japonesa, bem como no seu ritmo e ensinamentos particulares. Mas se procura algo menos denso, há alternativas recentes que se tornaram em autênticos fenômenos de popularidade, nomeadamente “Antes que o café arrefeça”, de Toshikazu Kawaguchi; “Ela e o Gato”, de Makoto Shinkai; e “O que procuras está na biblioteca”, de Michiko Aoyama.

Personagens icônicos e design inconfundível

Outra forma de interagir com a cultura japonesa é através de jogos e videogames online. Aliás, os japoneses são extremamente influentes na área, estando ligados a jogos que marcaram – e continuam a marcar – a indústria dos videogames e a cultura pop. Basta que nos recordemos da Nintendo, criadora de personagens icônicas como Super Mário e Donkey Kong.

Mas, além dessas famosas franquias, o fenômeno global Pokémon nasceu no Japão. As pequenas criaturas emergiram de um mangá e já ultrapassaram todas as barreiras do entretenimento, tais com séries anime, filmes de Hollywood, jogos de realidade aumentada, além de merchandising que nunca mais acaba. Pokémon é, de certo, o franchising mais lucrativo da área do entretenimento, ultrapassando outros universos ultra-populares como Harry Potter, Marvel e Star Wars.

A popularidade da cultura japonesa é tamanha que, até mesmo, em casinos online é possível encontrar jogos inspirados no Japão. Além de jogos baseados na mecânica do famoso Pachinko, há inúmeros slots em que o imaginário nipônico é o tema dominante.

Veja, abaixo, alguns entre os mais populares:

•  Moon Princess

•  Oni Hunters Plus

•  Starlight Princess

•  Wild Beach Party

•  Disco Beats

Contudo, mesmo em slots que não têm predominantemente um tema inspirado no país asiático, a influência das técnicas de design e storytelling do anime têm contagiado os estúdios que desenvolvem software. Vemos a sua influência na simplicidade e consistência gráfica em outros títulos mais clássicos, tal como o slot Diamond Riches.

Não podíamos falar de jogos sem mencionar a gigante mundial japonesa Playstation, que também não é alheia ao lançamento de jogos passados em terras nipônicas, como é o caso de Ghost of Tsushima, considerado por muitos um dos melhores jogos do modelo anterior da marca, o PS4.

Desenhos animados: lições de vida para adultos

Por fim, olhamos para os filmes que nos deixam mais perto do Japão, ainda que no conforto do sofá.

Algumas das obras cinematográficas japonesas mais icônicas são, de fato, os filmes de animação. Mas engane-se quem pensa que o público-alvo dessas películas são somente crianças e adolescentes. A animação produzida no Japão é de alta qualidade, encantado osa pequenos e, sobretudo, os grandes, que possuem o entendimento necessário para compreender a complexidade moral e filosófica das histórias, bem como apreciar na totalidade a beleza dos gráficos e das animações.

Um filme incontornável é A viagem de Chihiro, que conquistou o mundo inteiro e conseguiu em 2003, um feito até então inédito: vencer o Oscar de Melhor Filme de Animação. Foi a primeira vez que um filme animado cuja língua original não era o inglês ganhou nessa categoria. Mais de duas décadas depois, este é um filme que marcou para sempre a história do Oscar e abriu horizontes na Academia e no mundo ocidental para o que de bom se fazia – e faz – no oriente.

Veja nesta lista outros filmes de animação japonesa que nos levam em viagens apaixonantes pelas belíssimas paisagens do Japão, com histórias de uma profundidade ímpar e moralidade vincadamente japonesa.

Total
0
Shares
Previous Article
Desenvolvimento web | ©Stockvault

Tecnologias emergentes e suas aplicações no desenvolvimento web

Next Article
Compra online em varejista internacional | ©Depositphotos

Além dos US$50: Veja o que muda com a taxa de 20% nas compras internacionais

Related Posts