Notícias Variedades

Japonesa de 116 anos é reconhecida como a pessoa mais velha do mundo

Kane Tanaka | Foto: Guinness / Via Kyodo

As diversões preferidas de Kane Tanaka são “estudar matemática” e jogar um clássico jogo de tabuleiro, no qual supera a equipe da casa de repouso onde vive.

Atualizado em 12/03/2019

A japonesa Kane Tanaka, de 116 anos, foi reconhecida como a pessoa viva mais velha do mundo pelo Livro Guinness dos Recordes (Guinness World Records). A anciã foi declarada detentora do recorde em uma cerimônia, realizada no sábado (9), no asilo onde vive atualmente, em Fukuoka, sudoeste do Japão.

Kane se tornou a pessoa mais longeva do planeta pós a morte da também japonesa Chiyo Miyako, falecida em julho do ano passado, aos 117 anos de idade, explicou o Guinness em comunicado.

Nascida em 2 de janeiro de 1903, em Fukuoka, Kane teve quatro filhos, o que resultou em cinco netos e oito bisnetos, segundo relatos da família ao Guinness.

Kane Tanaka recebeu o certificado do Guinness em uma cerimônia realizada na casa de repouso onde vive, em Fukuoka | Foto: Guinness / Via Kyodo

Dotada de ótimas faculdades mentais para a idade amplamente avançada, Kane possui o hábito de acordar muito cedo, por volta das 6h da manhã, e uma de suas diversões preferidas é “estudar matemática”, um hábito que ainda consegue manter, além de jogar um clássico jogo de tabuleiro, no qual muitas vezes supera a equipe da casa de repouso onde vive.

Quando perguntada sobre qual foi o evento mais feliz de sua vida, a simpática anciã disse: “É agora”, de acordo com a ‘Kyodo News’.

Recordes de longevidade
O Japão já registrou vários recordes de pessoas mais longevas do mundo. O homem que chegou à idade mais avançada no mundo todo foi o japonês Jiroemon Kimuro, que faleceu em 12 de junho de 2013 aos 116 anos.

Já entre as mulheres, o recorde é da francesa Jeanne Calment, que morreu em 1997 aos 122 anos e 164 dias.

Veja também
» Homem mais velho do mundo morre no Japão, aos 113 anos

» Número de pessoas centenárias bate novo recorde no Japão
» Pela 1ª vez, mais da metade dos idosos no Japão tem 75 anos ou mais

Casal mais velho do mundo
O japonês Masao Matsumoto, de 108 anos, e sua esposa Miyako, de 100 anos, que completaram 80 anos de casados em 2018, foram reconhecidos pelo Guinnesscomo o “casal vivo” mais velho do mundo – levando em conta a idade combinada de 208 anos.

Maior expectativa de vida
Japão é o país com a maior expectativa de vida do mundo. No país, pessoas com idade a partir de 65 anos compõe mais de um quarto da população japonesa, ou seja, 26% de um total estimado em 127 milhões, uma proporção que deve alcançar 40% até 2060, de acordo com o Ministério de Assuntos Internos e Comunicações do Japão.

MN – Mundo-Nipo
Fontes: Kyodo News | Asahi Shimbun.