Notícias

Economia do Japão cai 4,4% em abril

Yokohama | Foto: Akifumi Ishikawa

É a maior queda mensal em 9 anos, e foi puxada pela fraqueza do consumo doméstico e das exportações em meio ao coronavírus.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Produto Interno Bruto (PIB) do Japão caiu 4,4% em abril, após ajuste pela inflação, informou na quarta-feira o Centro de Pesquisa Econômica do Japão.

Este é o segundo mês consecutivo de declínio e a maior queda mensal desde março de 2011, quando o PIB real japonês despencou 4,9% por conta do grande terremoto e tsunami no nordeste do país, o que provocou o desastre nuclear na usina de Fukushima.

As exportações caíram 13,2% em abril devido ao atual surto de coronavírus, enquanto os gastos do consumidor recuaram 2,8%.

Recessão

O ajuste do PIB pela inflação em abril perfaz o recuo de 3,4% no trimestre de janeiro a março em relação ao mesmo período do ano anterior. Foi a segunda retração trimestral consecutiva, configurando assim na primeira recessão em quatro anos e meio no primeiro trimestre, o que deixou a terceira maior economia do mundo a caminho de sua maior contração pós-guerra conforme a crise do coronavírus afeta empresas e consumidores.

No quarto trimestre, a economia japonesa já havia sofrido uma fortíssima queda de 7,1% (dados revisados), com trimestres consecutivos de contração atendendo à definição técnica de recessão. A última vez que o Japão sofreu uma recessão foi no segundo semestre de 2015.

Mundo-Nipo (MN)
Fonte: Nikkei Asian | Reuters.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •