Coreia do Norte faz novos disparos de mísseis

A série de testes de mísseis norte-coreanos eleva a pressão sobre os diplomatas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul que percorrem a região nesta semana.
Missil norte coreano imagem Edico de arte Mundo Nipo
Foto: Montagem MN

Coreia do Norte realizou nesta quarta-feira (31) lançamentos de dois mísseis balísticos de curto alcance, disseram os militares sul-coreanos, poucos dias depois de lançar dois mísseis semelhantes visando induzir a Coreia do Sul e os Estados Unidos a desistirem de exercícios militares próximos.

Os disparos vieram na esteira de lançamentos feitos em 25 de julho, os primeiros testes de mísseis norte-coreanos desde que o líder norte-coreano, Kim Jong Un, e o presidente dos EUA, Donald Trump, se encontraram em 30 de junho e concordaram em retomar as conversas de desnuclearização.

A série de testes de mísseis eleva a pressão sobre os diplomatas norte-americanos e sul-coreanos que percorrem a região nesta semana na esperança de reiniciar as conversas, que visam persuadir Pyongyang a abdicar de suas armas nucleares e seus programas de mísseis balísticos.

“As ações da Coreia do Norte não ajudam a amenizar as tensões militares, nem ajudam a manter o ímpeto para as conversas que estão em andamento”, disse a ministra das Relações Exteriores sul-coreana, Kang Kyung-wha, a repórteres em Seul, antes de partir para um fórum de segurança do sudeste asiático em Bangcoc.

Kang exortou a Coreia do Norte a interromper os lançamentos de mísseis.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, e o principal negociador norte-coreano, também estão a caminho do Fórum Regional da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) na capital tailandesa, onde Pompeo disse que mantém a esperança de que autoridades dos EUA possam se encontrar com suas contrapartes norte-coreanas.

Trump e Pompeo minimizaram os lançamentos da semana passada, e Pompeo continuou a manifestar a expectativa de um avanço diplomático com a Coreia do Norte.

O lançamento mais recente ocorreu antes da primeira visita oficial do recém-nomeado secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, a Seul.

Os disparos desta quarta-feira ocorreram na área de Wonsan, no litoral leste da Coreia do Norte, de onde os mísseis da semana passada foram disparados, disse o Estado-Maior Conjunto sul-coreano em um comunicado, acrescentando que monitora a situação para o caso de novos lançamentos.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse que o lançamento desta quarta-feira não teve impacto na segurança de seu país, embora os projéteis tenham caído no Mar do Japão.

Com informações da Agência Reuters

Total
21
Shares
Previous Article
FIFA VAR Room Foto FIFA

Japão quer antecipar o uso do VAR na 1ª divisão da J-League

Next Article
Pessoas nas ruas de Toquio Foto AJW Images 900x600 atualizado 28 03 2016

Expectativa de vida tem alta recorde no Japão

Related Posts