Notícias

Expectativa de vida tem alta recorde no Japão

©Asahi Photos

A expectativa de vida cresceu tanto para as mulheres como para os homens em 2018, com média cinco anos mais longa em comparação a 1989.

A expectativa média de vida no Japão atingiu alta recorde tanto para os homens como para as mulheres, de acordo com dados referentes ao ano de 2018 e divulgados ontem (30) pelo governo do país.

Segundo o Ministério da Saúde e Bem-Estar Social do Japão, a expectativa de vida no ano passado era de 87,32 anos para as mulheres e 81,25 anos para os homens em termos de média. Ambos os gêneros registraram um crescimento anual pelo sétimo ano consecutivo.

A média é cinco anos mais longa em comparação a 1989 – ano em que teve início a Era Heisei e a qual durou 30 anos sob o governo do então imperador Akihito.

Em termos global, a expectativa média de vida para as mulheres japonesas ficou em segundo lugar, atrás de Hong Kong pelo quarto ano consecutivo.

Já a expectativa média de vida para os homens japoneses é a terceira maior do mundo –atrás de Hong Kong e Suíça– pelo segundo ano consecutivo.

Autoridades ministeriais atribuem o salto na expectativa de vida nos últimos 30 anos aos avanços na medicina e à elevação da conscientização sobre a saúde durante a Era Heisei no Japão.

VEJA TAMBÉM
População do Japão tem queda recorde
Número de pessoas centenárias bate novo recorde no Japão
Japonesa de 116 anos é reconhecida como a pessoa mais velha do mundo

A pasta planeja elaborar políticas que garantam uma velhice confortável para os cidadãos no Japão, país detentor da maior população de idosos do planeta.

População de idosos

No país a longevidade aumenta em ritmo acelerado. Pessoas com 65 anos ou mais representaram 28,06% do total da população japonesa, que somou 124 milhões a partir de 1º de janeiro deste ano – excluindo residentes estrangeiros, que representa menos de 2% do total, de acordo com dados recentes divulgados pelo Ministério de Assuntos Internos do país.

Ainda de acordo com o relatório do Ministério, essa proporção de idosos deve alcançar 40% até 2060.

População de centenários

Enquanto isso, o número de pessoas com idade a partir dos 100 anos aumentou pelo 48º ano consecutivo no Japão, atingindo a incrível soma recorde de 69.785 centenários, com mulheres representando mais de 88% do total, segundo o último censo que é divulgado anualmente na terceira segunda-feira de setembro, pouco antes do Dia do Respeito aos Idosos (Keirou no Hi).

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: NHK News | Kyodo News | The Mainichi.