Meio ambiente e Energia Meteorologia

Japão registra 8 terremotos nesta segunda-feira; veja a lista

A província de Shizuoka registrou quatro tremores num intervalo de quatro horas. O mais potente, no entanto, ocorreu na costa de Iwate.

Do Mundo-Nipo

O Japão, país localizado em uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, registrou oito terremotos somente nesta segunda-feira (31). De acordo com a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês), a província de Shizuoka, no sul da região de Chubu (centro), foi a mais afetada, registrando quatro tremores num intervalo de quatro horas.

A agência japonesa registrou terremotos desde o norte ao sul do país. O mais forte ocorreu às 22h56 locais de segunda-feira (10h56 no horário de Brasília), na costa de Iwate (nordeste), com epicentro na Baía de Sanriku, no Pacífico, atingindo magnitude de 4,4 graus na escala Richter.

Compilada pelo Mundo-Nipo, a lista tem como base os dados da JMA, que indica em seus relatórios o grau de magnitude na escala Richter (equivalente à intensidade do tremor sentida no epicentro) e o grau na escala japonesa (que considera o nível de abalo sentido na superfície da terra).

Veja abaixo a lista com os tremores ocorridos no Japão nesta segunda-feira:

– Hokkaido (norte): abalo sísmico de magnitude 2,6 na escala Richter e nível 1 na escala japonesa. Ocorrido às 06h59 locais de segunda-feira (18h59 de domingo no horário de Brasília).

– Miyagi (nordeste): abalo sísmico de magnitude 3,6 na escala Richter e nível 1 na escala japonesa. Ocorrido às 10h30 locais de segunda-feira (22h30 de domingo no horário de Brasília).

Ilhas Amami, em Kagoshima (sul): abalo sísmico de magnitude 4,0 na escala Richter e nível 1 na escala japonesa. Ocorrido às 12h51 locais de segunda-feira (00h51 no horário de Brasília).

– Shizuoka (centro): abalo sísmico de magnitude 2,8 na escala Richter e nível 1 na escala japonesa. Ocorrido às 16h45 locais de segunda-feira (04h45 no horário de Brasília).

– Shizuoka (centro): abalo sísmico de magnitude 3,0 na escala Richter e nível 1 na escala japonesa. Ocorrido às 20h03 locais de segunda-feira (08h03 no horário de Brasília).

– Shizuoka (centro): abalo sísmico de magnitude 2,9 na escala Richter e nível 1 na escala japonesa. Ocorrido às 20h06 locais de segunda-feira (08h06 no horário de Brasília).

– Shizuoka (centro): abalo sísmico de magnitude 3,1 na escala Richter e nível 2 na escala japonesa. Ocorrido às 20h35 locais de segunda-feira (08h35 no horário de Brasília).

– Baía de Sanriku, na costa de Iwate (nordeste): abalo sísmico de magnitude 4,4 na escala Richter e nível 1 na escala japonesa. Ocorrido às 22h56 locais de segunda-feira (10h56 no horário de Brasília).

O Japão faz parte do chamado ‘Anel de Fogo do Pacífico’, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terremotos diariamente, chegando a registrar vários tremores com magnitude acima de 4 graus num único dia. Devido a isso, o país possui uma infraestrutura desenvolvida para resistir sismos que poderiam ser fatais em outras partes do mundo.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários