Notícias

Japão expulsou mais de 800 barcos norte-coreanos de seu território

Guarda Costeira Japonesa (Foto: Creative Commons)

É a primeira vez que o Japão divulga dados sobre incursões de barcos norte-coreanos.

O Japão informou que expulsou de suas águas territoriais centenas de barcos de pesca norte-coreanos no decorrer deste verão boreal. Divulgado ontem, o anúncio foi o primeiro do tipo divulgado pelo governo japonês e ocorre dois dias depois do lançamento de um míssil pela Coreia do Norte que sobrevoou o norte do arquipélago japonês.

Desde meados de julho, quando começou o verão japonês, a Guarda Costeira Japonesa emitiu ao menos 820 advertências para embarcações norte-coreanas que pescavam ilegalmente na zona econômica exclusiva do Japão, que se estende até 200 milhas náuticas de sua costa.

Contudo, é possível que um mesmo barco tenha recebido várias advertências.

“Desde meados de agosto já não temos barcos de pesca norte-coreanos em águas ao redor de Yamato”, acrescentou uma autoridade da Guarda Costeira.

É a primeira vez que o Japão anuncia a expulsão de barcos norte-coreanos desta zona econômica exclusiva. Esta informação é divulgada após o sobrevoo pelo norte do Japão de um míssil de alcance intermediário Hwasong-12, o que agravou ainda mais a tensão na região.

Frequentemente barcos de pesca precários e muito danificados, por vezes com cadáveres, chegam até a costa japonesa.

As autoridades acreditam se tratar de pescadores norte-coreanos que se aventuram em busca de melhores pescados para aplacar a escassez alimentar no país.

Em julho, o Japão protestou quando um de seus navios de patrulha foi perseguido dentro de sua zona econômica por uma embarcação armada, aparentemente proveniente da Coreia do Norte.

Da AFP /Agence France-Presse.

Comentários