Culinária

Receita de futomaki, o sushi roll mais colorido do Japão

©Getty

O futomaki é feito com vegetais escolhidos por seus gostos e cores, resultando em um recheio com sabores diversificados e visual colorido.

Com um visual extremamente colorido, o futomaki é um makimono (enrolado) típico da culinária japonesa “fria”, ou seja, não vai ao fogo. Vale lembrar que os brasileiros chamam makimonos de sushi enrolado, sushi redondo e sushi roll, sendo esse último nome o mais popular no ocidente.

Futomaki significa “rolinho grande”, em japonês. Ele e um tipo de enrolado maior porque o número de ingredientes do recheio também é maior. Nele você pode fazer várias combinações diferentes, tais como peixes, ovos, raízes, legumes, entre outros.

©Asian Food

Tendo como base o Tamagoyaki (omelete japonesa), o futomaki pode ser confeccionado com três ou mais recheios, que geralmente são vegetais escolhidos por seus gostos e cores complementares, no que resulta em um recheio com sabores diversificados e de visual colorido.

Ingredientes (para 8 a 10 unidades)
  • 250 g de shari (arroz japonês cozido e depois temperado com vinagre próprio para sushi)
  • 1 folha de nori (alga marinha desidratada)
  • 30 g de kampyo (abóbora d’água desidratada) depois de cozidas
  • 40 g de vagem manteiga ou cenoura (cozida e cortada em tiras)
  • Camarão cozido (opcional)
  • 1 pepino japonês (cortado em tiras)
  • Soboro (peixe em pó usado para decoração) a gosto (opcional)
  • Tamagoyaki (dois ovos são proporcionais a 1 futomaki)
  • Makisu ou Sudarê (esteira para enrolar sushi)
  • 1 tigela com água (para molhar as pontas dos dedos durante o preparo)
Ingredientes para preparo do tamagoyaki
  • 8 ovos (para 4 rolos de futomaki)
  • 1 colher (sobremesa) de glutamato de sódio
  • 1 colher (sobremesa) de sal
  • 5 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 colher (sobremesa) de hondashi
  • 2 colheres (sopa) de saquê mirin (saquê culinário)
  • 80 ml de água
Modo de preparo do tamagoyaki

1. Bata bem os ovos e acrescente os demais ingredientes;

2. Misture bem, até o açúcar dissolver;

3. Passe por uma peneira e reserve na geladeira por 2 horas;

4. Unte e pré-aqueça a frigideira quadrada por igual, para que a omelete não grude. Uma boa técnica é preencher o recipiente com óleo e aquecer em fogo baixo. Depois de estar aquecida uniformemente, retire o óleo, e ela está pronta para receber a mistura;

5. Despeje a quantidade suficiente para cobrir toda a superfície com uma fina camada. Quando ela estiver endurecendo, dobre um terço sobre a parte restante e termine de dobrar;

6. Leve até a extremidade inicial, despeje mais uma camada e repita a operação, de modo a envolver a primeira camada já dobrada. O retângulo de omelete deve ir engrossando até adquirir cerca de 3 cm de altura.

Modo de preparo do futomaki

1. Sobre a esteira, coloque uma folha de nori na horizontal com o lado brilhante virado para baixo;

2. Umedeça as pontas dos dedos com a água e espalhe uma camada de aproximadamente 1 cm de shari por toda a extensão do nori, deixando livres somente as extremidades superior e a inferior;

3. Coloque todos os ingredientes do recheio lado a lado no sentido horizontal sobre o shari, de forma que as cores se misturem;

4. Passe um pouco de água nas duas extremidades do nori (por cerca de 1 cm). Deixe descansar por 1 ou 2 minutos para que a alga fixe e depois enrole com cuidado, pressionando os ingredientes e o shari na esteira;

5. Para cortar, umedeça a faca e corte no meio. Em seguida, corte novamente as partes que restaram no meio até resultar oito ou dez pedaços;

6. Disponha o futomaki cortado em um belo prato e decore, se preferir, com nabo cortado em tiras finas;

7. Sirva acompanhado com molho de soja (shoyu) e, se preferir, adicione um pouco de gergelim.

Dicas sobre os ingredientes
Futomaki tradiciona ©Getty

Embora o kampyo seja um dos ingredientes mais usados no preparo do futomaki, ele é opcional, podendo ser substituído por cogumelos, como o shimeji, por exemplo. Na verdade, os ingredientes variam de acordo com o gosto de cada um.

No Japão, é comum usar nira e cogumelo shitake. Molho com gengibre em conserva também é muito comum como acompanhamento.

Restrição de uso
A receita pertence ao chef Yasuto Tanaka, do extinto restaurante Tanaka Lagoa. É permitida a reprodução desde que fornecido os devidos créditos ao Mundo-Nipo (MN), com link direcionando para mundo-nipo.com. Para reprodução com fins comerciais, leia a Restrição de uso.