Mais Esportes

Tóquio se despede de seu primeiro estádio Olímpico

Mais de 36 mil pessoas estiveram presentes na “cerimônia do adeus” ao Estádio Nacional de Tóquio, que será demolido no próximo mês.

Do Mundo-Nipo

Japoneses se despedem do Estádio Nacional de Tóquio (Foto: Kyodo)

Cerca de 36 mil pessoas estiveram presentes na “cerimônia do adeus” ao estádio que ocupa um lugar especial no coração dos japoneses (Foto: Kyodo)

Os japoneses deram um adeus emocionado ao Estádio Nacional de Tóquio em uma cerimônia realizada para marcar o fechamento do local antes de sua demolição, que começa no próximo mês.

Construído para sediar os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 1964, o estádio será demolido para dar lugar a um novo que será o palco dos Jogos Olímpicos de 2020.

O evento, que aconteceu no sábado (31), contou com um espetacular show de luzes a laser, fogos de artifício, eventos esportivos e shows de música. Cerca de 36 mil pessoas estiveram presentes na “cerimônia do adeus” ao estádio de 56 de anos.

O estádio de 54.000 lugares ocupa um lugar especial no coração dos japoneses como o local da primeira Olimpíada realizada na Ásia e um símbolo da recuperação do Japão pós-Segunda Guerra Mundial.

O ano de 1958 ficou marcado no coração dos japoneses como a data da conclusão do que na época era o maior estádio esportivo já construído na Ásia. No mesmo ano, o Estádio Nacional de Tóquio foi palco dos Jogos Asiáticos de 1958. Além de sediar os Jogos Olímpicos 1964, o estádio também abrigou uma série de eventos esportivos nacionais e internacionais, incluindo o Campeonato Mundial de Atletismo de 1991 e o evento anual intercontinental de clubes de futebol da Copa Toyota, entre 1980 e 2001.

“Durante meio século, o Estádio Nacional foi um verdadeiro santuário do esporte japonês”, disse em discurso Yoshiro Mori, ex-primeiro-ministro e organizador chefe das Olimpíadas Tokyo 2020.

A celebração aconteceu no final de uma semana em que autoridades do meio esportivo do Japão deram luz verde para a construção do novo estádio que terá capacidade para 80 mil lugares.

O projeto, entretanto, ganhou críticas devido ao seu extenso tamanho, além do exorbitante valor que serão gastos em sua construção, orçada em US$ 1,6 bilhão.

(Com informações das agências Kyodo e AFP)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.