Notícias

População infantil do Japão cai pelo 36º ano seguido

Foto: Emiko Jozuka

Número de crianças soma 15,33 milhões, enquanto idosos passa de 35 milhões, mais que o dobro da população infantil japonesa.

Atualizado em 10/05/2019

O índice da população infantil no Japão vem caindo desde 1982 e, segundo dados recentes do Governo japonês, o número de crianças no país totalizou 15,33 milhões no início do ano fiscal de 2018, o que representa, portanto, o 36º ano consecutivo de descenso.

O dado foi divulgado no domingo (5), data em que o Japão celebra o Dia das Crianças. O número anunciado confirma o progressivo envelhecimento da população japonesa, o que está gerando um panorama sombrio para o futuro do sistema público de previdência.

De acordo com o relatório do Ministério dos Assuntos Internos, em 1º de abril passado, quando o Japão começou o ano fiscal de 2018, havia no país 7,85 milhões de meninos menores de 15 anos e 7,48 milhões de meninas, cerca de 180 mil crianças a menos do que o número divulgado um ano antes.

Nos últimos 30 anos, a população infantil do Japão caiu em cerca de oito milhões de pessoas.

Em 1º de abril deste ano, a população total do Japão chegava a 126,23 milhões de habitantes, segundo cálculos oficiais provisórios, com a população infantil representando 12,14% do total.

Essa proporção caiu 0,2 ponto percentual em relação a abril de 2018 e atingiu um novo recorde em baixa, que vem registrando no Japão nos últimos 45 anos.

Os japoneses idosos, com 65 anos ou mais, totalizam 35,75 milhões, mais do dobro da população infantil e a metade dos 75,15 milhões de japoneses com idades compreendidas entre 15 e 64 anos.

No Japão a idade de aposentadoria oficial é de 65 anos, embora a maioria das empresas aposentem seus funcionários aos 60.

O governo do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, está consciente do problema que acarreta o envelhecimento da população, igualmente a drástica queda da taxa de natalidade. Mediante isso, o Executivo japonês lançou no ano passado um programa para aumentar o número de imigrantes, ou seja, trabalhadores estrangeiros, que estão sendo destinados a setores com uma drástica redução na mão de obra.

Saiba mais
» Kodomo no Hi: Dia das Crianças no Japão
» Número de trabalhadores estrangeiros no Japão atinge nível histórico
» Mais idosos, mais estrangeiros; entenda como o Japão está mudando
» Japão abrirá 100 centros de apoio a trabalhadores estrangeiros
» Japão aprova lei que abre entrada a estrangeiros com baixa qualificação

Com Agência EFE.