Política

Coreia do Norte concordou em investigar sequestros de japoneses, diz premiê

O governo norte-coreano pretende criar um painel especial para investigação dos japoneses sequestrados.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, declarou nesta quinta-feira (29) que a Coreia do Norte concordou em investigar novamente os casos de japoneses sequestrados pelo regime norte-coreano.

Abe disse na noite desta quinta-feira (hora local) que, durante as últimas negociações dos dois países na Suíça, a Coreia do Norte concordou a investigar novamente o destino de cidadãos japoneses que foram raptados.

O premiê disse que o governo norte-coreano pretende criar um painel especial para investigação e lançar um novo inquérito.

Abe expressou esperança de que o acordo seja o primeiro passo para alcançar o objetivo de trazer seus cidadãos sequestrados de volta ao seu país de origem.

A Coreia do Norte admitiu, em 2002, ter sequestrado vários japoneses para trabalharem na formação de espiões. O assunto tem impedido que Tóquio e Pyongyang normalizem suas relações.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários