Mais Esportes

Fenômeno Yoshida conquista 11º Mundial consecutivo de luta olímpica

A japonesa, que é fenômeno do esporte e orgulho do Japão, já faturou 14 títulos entre mundiais e olimpíadas.

Do Mundo-Nipo

A japonesa Saori Yoshida conseguiu a proeza de ser a única esportista do planeta a conquistar onze mundiais consecutivos de luta olímpica. O feito inédito aconteceu na quinta-feira (19), durante o Mundial de luta olímpica em Budapeste, informou a agência Kyodo.

 

Saori Yoshida conquista 11º Mundial de luta olímpica (Foto: Kyodo)

A fenômeno Saori Yoshida, de 29 anos, também é tricampeã olímpica (Foto: Kyodo)

 

Saori Yoshida, de 29 anos, que também é tricampeã olímpica, precisou derrotar cinco adversárias para levar a medalha de ouro na categoria até 55 kg do estilo livre feminino.

Na final, Yoshida derrotou facilmente a sueca Sofia Mattsson para sagrar-se a única no mundo detentora de onze títulos mundiais na categoria.

Entre títulos olímpicos e mundiais, Yoshida já faturou um total de 14 na categoria até 55 kg, dois títulos a mais do que a lenda russa Alexander Karelin, que ganhou três medalhas de ouro em olimpíadas e nove campeonatos mundiais na categoria até 130 kg estilo livre masculino, entre os anos de 1988 a 1999.

A outra lutadora do Japão, também fenômeno no esporte, conquistou seu oitavo título mundial. Kaori Icho derrotou Soronzonbold Battsetseg da Mongólia na final da categoria até 63 kg do estilo livre feminino.

As medalhas de Yoshida e Icho, somada a de Eri Tosaka na quarta-feira (18), dão um total de três medalhas de ouro para o Japão, e todas da equipe feminina, já que a equipe masculina, até o momento, desapontou – não conseguiu, nem mesmo, uma única de bronze.

O Mundial de luta olímpica em Budapeste é o primeiro com as novas regras que segue como parte das reformas que ajudaram o esporte a recuperar seu lugar nos Jogos Olímpicos de 2020 e 2024.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe um comentário