Culinária

Receita de Zaru soba: macarrão de trigo sarraceno com molho de peixe

O Zaru Soba é o que mais se destaca entre os famosos macarrões frios da culinária japonesa.

Atualizado em 03/12/2017


O Zaru soba, ou zarussoba, é o que mais se destaca entre os famosos macarrões frios da culinária japonesa. A massa, feita de trigo sarraceno, é servida com um molho à base de peixe, perfeito para refrescar o mais quente dos verões.

A vantagem deste tradicional prato da culinária japonesa é o seu valor altamente nutritivo e benéfico a saúde, proporcionado pelo trigo sarraceno, além dos poucos ingredientes utilizados em seu preparo. Além disso, ele é rápido e fácil de fazer, um prato leve e ideal para ser consumido nos dias quentes.

Ingredientes (porção para 2 pessoas)

1 pacote de macarrão soba ou 400g
cebolinha picada (quantidade a gosto)
2 folhas de nori (alga desidratada) cortada em tiras ou na quantidade preferida
1 colher (chá) de wasabi (raiz forte japonesa) ou na quantidade preferida

Para o molho
2 copos (americano) de água
2 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu)
1 colher (sopa) de saquê mirin (saquê culinário)
1 colher (sobremesa) de hondashi
1 colher (chá) de açúcar
2 pitadas de glutamato monossódico ou sal a gosto

Modo de preparo

1 Em uma panela, ferva dois litros de água e adicione o soba. Deixe cozinhar por cerca de 7 minutos ou até que fique ao dente. Depois lave em água corrente até que saia toda a goma. Deixe escorrendo em uma peneira. Reserve.

2 Coloque a água, o shoyu, o saquê, o hondashi, o açúcar, o glutamato monossódico ou sal em uma panela e mexa até que tudo se misture. Deixe em fogo médio até ferver. Depois de frio, coloque-o na geladeira.

3 Divida o macarrão já frio em duas cestas de bambu (pode ser em pratos largos de louça).

4 Adicione o nori em tiras no centro do macarrão.

5 Retire o molho da geladeira, coloque em uma tigela, adicione a cebolinha picada e sirva com o macarrão.

Dica
O ideal é não adicionar o molho sobre o macarrão e sim mergulhá-lo no molho a medida que o for consumindo, portanto, separe o molho em tigelas individuais.

Zaru Soba (Foto: Just One Cookbook)

O ideal é mergulhar o macarrão no molho a medida que for consumindo (Foto: Just One Cookbook)

Sobre os ingredientes
Cada um tem seu próprio modo de preparar o molho. Alguns preferem adicionar o wasabi ao molho e outros servi-lo separadamente. A cebolinha também pode ser servida separada do molho. Tudo depende do gosto de cada um.

Modo de servir
A forma tradicional de consumir o Saru Soba é com alguns ingredientes e acompanhamentos servidos separados do prato, conforme explicado acima.

Exemplos
Em uma tigela ou prato próprio, coloque uma pequena porção de wasabi, meio nabo japonês ralado e meia xícara de cebolinha picada para que a pessoa tempere o macarrão a gosto.

Tradicionalmente, o Zaru Soba é servido em uma cesta de bambu, daí o nome zaru, que em japonês significa ‘cesta de bambu’, e soba, que significa ‘macarrão’.

Benefícios do trigo sarraceno a saúde
O trigo sarraceno é uma rica fonte de flavonóides, especialmente a rutina. Os flavonóides, fitonutrientes protetores contra vários tipos de doenças, ampliam a ação da vitamina C, agindo como um potente antioxidante e grande protetor do organismo contra os danos causados pelos radicais livres. Estes compostos ajudam a manter o fluxo sanguíneo e também combatem os níveis de LDL (colesterol “ruim”). Todas estas ações contribuem para a prevenção de doenças cardiovasculares.

O International Journal of Epidemiology publicou recentemente um estudo sobre os efeitos do excesso de açúcar no sangue, no qual revelou que alimentos com farinha integral de trigo sarraceno ajudam na prevenção de glicose no sangue, diminuindo assim os riscos de diabetes.

Outros estudos publicados pelo jornal britânico também comprovaram que os nutrientes do trigo sarraceno, aliado a uma dieta a base de frutas, ajudam na prevenção do câncer de mama.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários