Costumes

Saiba porque a maioria das pessoas no Japão é magra

Foto: lifejacks.com

Um dos motivos é porque os japoneses se alimentam bem em termos de nutrientes e ingerem menos calórias.

Atualizado em 14/11/2018


Mais de 60% da população japonesa estão dentro do peso ideal, isso porque o hábito alimentar no país, de modo geral, é saudável por questões culturais. Enquanto isso, a maioria dos ocidentais tem preferência por alimentos calóricos e, consequentemente, pouco nutritivos, além da predileção pelos famosos lanches gordurosos de fast-food.

Esses hábitos alimentares não muito saudáveis no ocidente, principalmente na América do Norte, são bem diferentes da tradicional cultura gastronômica dos japoneses, que se alimentam melhor em termos de nutrientes e, inclusive, comem menos quantidade quando comparados aos ocidentais.

A prática alimentar sadia faz com que o Japão esteja no topo da lista de países industrializados com o menor índice de obesidade. Segundo as estatísticas mais recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), Japão é o país onde as pessoas vivem mais tempo em todo o mundo.

Além disso, Japão tem a maior população de centenários do planeta. De acordo com dados divulgados este ano pelo governo japonês, são quase 70 mil japoneses com idade a partir de 100 anos, sendo que mais de 88% são mulheres.

Confira abaixo algumas práticas que ajudam os japoneses a terem um peso ideal e uma saúde invejável:

Porções pequenas 
Já é confirmado que mesmo uma pequena diminuição na quantidade de comida que se consome ao longo do dia nos leva a perder peso, e comer porções pequenas de alimentos é algo comum nos países asiáticos.

Saiba mais
» Dieta elaborada por nutricionista japonês

Métodos de cozimento
Vai dizer que você não se depara com muita fritura quando vai em alguns restaurantes de comida asiática no Brasil? Sabe por que isso acontece? Para que a culinária japonesa se adapte ao nosso costume. Contudo, a verdade é que no Japão não existe tanta fritura assim, e muitas receitas são feitas com vapor ou fervura.

Alimentos fermentados 
Os asiáticos consomem muitos itens de lacto-fermentação, como a sopa de missô, e esses alimentos atuam como probióticos naturais, que nos ajudam a eliminar a gordura visceral, que é aquela que fica entre os órgãos da região do abdome.

Consumo de peixes
É difícil imaginar a culinária japonesa sem peixes ou algum tipo de crustáceo, não é mesmo? Esses alimentos são saudáveis e contêm o famigerado ômega-3, uma substância que melhora o sistema imunológico, vascular e reprodutivo, além, é claro, de promover a perda de peso.

Ingestão de vegetais
Comumente, os pratos da culinária asiática são feitos com base em alimentos naturais e saudáveis, como os vegetais, que são consumidos em grandes quantidades.

Chá em vez de bebidas frias 
Asiáticos não comem tomando sucos, refrigerantes e água gelada, mas sim alguns tipos de chá quente ou frio, especialmente o chá verde ou ban-cha. Isso reforça a opinião de alguns cientistas de que bebidas geladas, quando tomadas junto com as refeições e com alimentos gordurosos, acabam retardando a digestão e nos ajudando a ganhar peso.

Doces preferidos 
No Japão, são populares sobremesas feitas à base de arroz, algas marinhas e feijão vermelho, assim como as nozes, sementes e frutas. Tratam-se de opções de doces muito mais saudáveis do que bolos, tortas, sorvetes e afins.

Caminhadas e meditação 
Moradores de cidades com alta densidade populacional, como Tóquio, tendem a caminhar mais e a usar bicicletas e transporte público em vez de carros particulares. Além disso, a cultura oriental é adepta da meditação e da prática de atividades como o Tai Chi, que ajudam a prevenir algumas doenças, incluindo a obesidade.

Por Maria Rosa
Fonte: The Asahi Shimbun